Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011
Ideias que mudam o mundo

 

Vou todas as semanas a escolas, universidades, fundações, associações ou outras instituições (como hospitais e prisões), falar sobre temas tão variados como a cidadania, o voluntariado, empreendedorismo, ética e valores, comunicação, relações entre pais e filhos ou alunos e professores, sentido de vida e por aí adiante. Recentemente estive em cadeias de jovens, onde foi possível falarmos todos sobre a liberdade interior e o sentido da privação da liberdade exterior e confesso que as perguntas e os testemunhos que ouvi me marcaram radicalmente. Esta tarde vou ao Colégio Planalto, em Lisboa, falar com 45 alunos sobre gente com ideias que mudam o mundo. Adoro esta proximidade com as pessoas na sua realidade-real, nos seus universos tão distintos e, alguns, em circunstâncias tão específicas. Sinto que estas minhas deslocações semanais e, em certas fases, quase diárias, são um enorme privilégio. É assim que as vivo e as sinto.

publicado por Laurinda Alves às 10:53
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De pipocateresa a 24 de Fevereiro de 2011 às 11:13
Percebo perfeitamente o que diz. Um dos motivos pelos quais adoro o seu blog é pelo facto de apresentar realidades e contextos diferenciados, sempre numa perspectiva de interesse, envolvimento e aceitação. Um dia vou convidá-la para vir à "minha" universidade. ;) Muitas vezes passo aqui e penso "apetece-me fazer isto!", conhecer estas pessoas. A mim interessa-me tudo o que diz respeito ao outro. Quando nos aproximamos desse "outro" percebemos, muitas vezes, que é muito semelhante a nós, e é um pouco esse cruzar de vidas que eu encontro aqui. E para quando o programa na RTP?? Aguardo ansiosamente, nomeadamente porque sempre adorei a forma como conversa com as pessoas. Um abraço,
Isabel
De Laurinda Alves a 24 de Fevereiro de 2011 às 11:27
Obrigada, Isabel. Eu própria agradeço à vida esta diversidade extraordinária, estes mundos que cruzo diariamente e que vão de situações de fragilidade extrema ou de privação de liberdade, ao luxo das boas universidades e bons colégios. Luxo, pelo privilégio que é ter acesso à educação, note, e ainda por cima a educação de excelência. Tudo isto de que falo aqui de forma sempre muito resumida e tudo aquilo que nem sequer menciono no blog me faz ter consciência do privilégio, mas também da responsabilidade de dar de volta. Se um dia der para ir à sua universidade, óptimo! ficamos a conhecer-nos pessoalmente! Um abraço e muito obrigada pelo estímulo e generosidade que leio nas suas palavras

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds