Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011
O meu coração hoje está em Bruxelas

 

À hora a que escrevo o meu filho está a apanhar comboios e Metros em Bruxelas para chegar à casa de esquina onde eu própria passei uma semana inteira há bem pouco tempo, quando fui entrevistar Alberto de Brito. O meu coração hoje está em Bruxelas, onde também eu adoraria estar. Há amigos que nos fazem muita falta e com quem queremos sempre estar. É o caso.

 

publicado por Laurinda Alves às 16:10
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Amigos do Concelho de Aviz a 24 de Janeiro de 2011 às 18:01
A cultura deve ser preservada a todo o custo. Por isso peço desculpa por vir ocupar este espaço que é seu para, juntos, divulgarmos os IX JOGOS FLORAIS DE AVIS, cujo regulamento já se encontra disponível em www.aca.com.sapo.pt
Obrigado.
Fernando Máximo/Avis
De Raquel Martins a 24 de Janeiro de 2011 às 19:21
Sem dúvida, o nosso coração é bem dos nossos filhos, estejam, onde estiverem! Faz hoje 6 anos que ganhei o meu pequeno tesouro, com quem cresço e aprendo diarimente, num percurso feito de muitas alegrias e amor! Foram 6 anos muito bons, cheios desafios e aprendizagens, que passaram muito rápido, e que me deixam hoje, umas saudades que me sabem muito bem. Bjs
De Fernanda Matias a 25 de Janeiro de 2011 às 10:30
Que bom quando os Filhos já vão sózinhos e levam os corações das Mães e as Mães nos seus corações. A autonomia é isto . Ir sózinho, guardar-se a si próprio ,mas estar muito acompanhado pelos afectos, pelas saudades e o desejo de voltar, mesmo que não seja no dia seguinte.
Um grande abraço .
Fernanda Matias
De mochosecompanhia a 25 de Janeiro de 2011 às 12:42
Qualquer dia é a minha e só tem 7. Ontem perguntava-me até quando os filhos são pequeninos para os pais. Lá lhe respondi: Até sempre! :)*
De Edviges Maria Horta Bazeira e Moura a 7 de Fevereiro de 2011 às 21:18
Boa noite, Laurinda.
Há medida que vou lendo vou ficando fascinada com a escrita. A forma como escreve e a maneira como vê e sente cada situação. Gostei desta forma, engraçada de recordar 2 bons amigos. A foto está o máximo.
Um abraço.

Edviges Moura
De Laurinda Alves a 7 de Fevereiro de 2011 às 23:47
Querida Edviges, nem imagina o que gosto de a ver por aqui! Ainda por cima a sua presença tem aquele plus familiar que vem da certeza de termos pessoas muito queridas em comum :) Um abraço e obrigada pelos seus comentários no blog. Espero que se sinta sempre bem neste espaço que agora também é seu!
De Edviges Maria Horta Bazeira e Moura a 9 de Fevereiro de 2011 às 19:26
Obrigdapelas suas palavras.
Vou continuar a navegar no seu blog.
Antes, quero confidenciar-lhe uma coisa que nada tem a ver mas o mundo é mesmo pequeno. Por acaso conheceu uma empregada da Sra. D. Sophia Andersen, de nome Maria Luisa? Trabalhou muitos anos lá em casa. Entretanto casou com um tio meu mas sei que , de quando em vez, visitava a família. Acredite que quando tinha os meus 10 anos ( ainda a viver no Alentejo) cheguei a usar roupa da sua cunhada. Lembro-me de ter ido a um casamento com um vestido lindíssimo na época. E esta?
Um abraço.
Edviges

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds