Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010
Cuidados Paliativos para todos, sempre!

 

Esta imagem não tem nada a ver com o assunto? Não, mas não faz mal. A mim fascina-me este céu e toda esta luz que se podem descobrir dentro de uma pedra. Uma pedra que se não tiver sido polida, trabalhada, aberta e esculpida com paixão, cuidados e atenção, pode ser apenas mais um pedregulho que passa despercebido aos nossos olhos. No hospital, à cabeceira de doentes crónicos ou terminais, tenho descoberto muita luz, muita beleza e muito 'céu' em pessoas frágeis e nem sempre bonitas, no sentido mais convencional do termo (nunca estamos no auge da nossa forma nem da nossa beleza física quando estamos doentes ou em sofrimento e é por isso que falo dessa beleza exterior). As pessoas revelam a sua beleza interior quando são amadas e cuidadas e os doentes não são excepção. Se trago este assunto à conversa é porque cresce no Facebook ( e não só!) um movimento de cidadãos que apostam em reivindicar mais e melhores cuidados paliativos para todos, sempre! Deixo aqui o link, para o caso de quererem juntar a voz às vozes dos que vivem com a consciência desta urgência: http://www.causes.com/causes/536957-pelos-cuidados-paliativos-em-portugal

P.S.: Esta imagem é um retrato de uma escultura de Chillida, que eu adoro.

publicado por Laurinda Alves às 13:07
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Fernanda Matias a 22 de Novembro de 2010 às 16:00
Todos empenhados .
Os cuidados paliativos têm que deixar de ser um desejo,para passarem a ser uma realidade, por respeito a todos nós e, em especial, aos que agora necessitam deles.
Não chegam as boas intenções, mas acções efectivas através de politicas e prioridades de saude e apoio social para todos e, para sempre. Há expriências muto boas de Instituições que prestam estes cuidados, mas a maioria são privadas e o acesso não e universal.
Os cuidados paliativios, uma especialiadade dos Cuidados Contiuados Integrados, têm que assentar na lógica de Serviços comprometidos e activos, bem como na garantia dos direitos das pessoas em situção de doença / dependencia ( dignidade, privacidade, informação, não discriminação e outros ) o que exige de todos os intervenientes , um olhar para a pessoa inteira.
O desafio será conciliar a tecnologia e o humanismo, através cuidados individualizados e simultâneamente sofisticados, sem excluir nenhum cidadão. Só assim valerá a pena estar vivo , porque se vive com dignidade, sem a sensação e/ou sentimento de fardo para os cuidadores, quer sejam institucionais quer familiares.
Fernanda Matias
Nota: um bocadinho, dum extenso artigo que escrevi em 2006 sobre a temática , para a revista( " Diálogos"/ Rede Europeia Anti Pobreza )

Fernanda MATIAS
De hasbranco a 22 de Novembro de 2010 às 18:50
Obrigado pelo que nos oferece gratuitamente...

Pelo mérito..." linkei " ao blog Sinais no Mundo! Se porventura não concorda peço antecipadamente desculpa e rectificarei este abuso!

A Paz de Cristo
De Paula a 22 de Novembro de 2010 às 23:18
A forma como apresenta os assuntos é sempre tão distinta! Mescla a arte, a cultura, a beleza, os pormenores...enfim, é uma Mulher que admiro profundamente!
Na causa do Movimentos dos Cidadãos pró cuidados paliativos, sou uma activista, e agradeço o modo tão sensível como anima e incentiva a adesão a esta causa.
Beijo. Paula
De Isabel Moreira a 24 de Novembro de 2010 às 09:28
Bem-haja Laurinda pela divulgação deste movimento, e pelo modo tão belo como mais uma vez escreve sobre Cuidados Paliativos, sensibilizando para a urgência da divulgação e acessibilidade de quem deles necessita. Permita-me que reproduza a frase da Associação Afectos p'ra Vida: "Para que o abraço que nos aconchega à chegada (nascimento) não nos falte à partida (morte).
Aceite abraço com afecto da IsabelMoreira
De cuidadospaliativos a 10 de Dezembro de 2010 às 12:48
Boa tarde!
Somos alunos do Agrupamento de Escolas de Mangualde, do 12º Ano e estamos a realizar um trabalho no âmbito de Área de Projecto sobre os Cuidados Paliativos.
Tendo lido os seus posts, reparámos que tem bastante experiência neste campo( visto ser voluntária nessa área) e por isso pensamos que, se fosse possível, o seu contributo seria muito importante de modo a enriquecermos o nosso trabalho com a informação de que dispõe e que nos pudesse facultar.
Assim, aqui fica o nosso e-mail, caso nos queira contactar:
cuidadospal@gmail.com
Agradecemos a disponibilidade e pedimos desculpa pelo incómodo causado. Aguardamos ansiosamente uma resposta.

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds