Domingo, 21 de Novembro de 2010
Dupond & Dupont

 

A repetição do mesmo discurso por um Ministro e um Secretário de Estado é trágico-cómica. É impossível não rir com o disparate, com o ar grave e solene com que cada um leu palavra por palavra, linha por linha, a mesma conversa. Fica para a história.

 

publicado por Laurinda Alves às 11:30
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Joana Freudenthal a 21 de Novembro de 2010 às 12:59
Eu pago-lhes bem para que isto não aconteça. Bem demais, está visto...
De Marcolino a 21 de Novembro de 2010 às 15:19
Querida Lurinda,
Por mero acaso dei com esta sobreposição de palavras em papeis diferentes, mas como os manuais escolares se repetem, resolvi não ligar demasiado a esta trste oincdencia...«para não dizeres burrice, bem diferente, ao menos, copia do meu discurso, e quanto mais igual, bem melhor»...
Pareceu-me estar no tempo de Olivira Salazar em que a livre criaiividade era muito mal vista, quiçá punida...
Abrço
Marcolino
De MER a 21 de Novembro de 2010 às 17:27
Simplesmente uma tristeza...assim vamos nós, conduzidos por elementos que mostram ser autómatos...simples autómatos sem eira nem beira.
Fico muito triste, porque amo muito o meu País e tenho o maior orgulho...que me vem às lágrimas...observar tudo como está, chega a doer.
Temos imenso potencial humano...é triste nem ser aproveitado...a maioria que por lá anda, é somente para alimentar o ego do poder, da vaidade e das contas bancárias de alguns.
Como conseguem dormir descansados...
Hoje dizem uma coisa...daí a horas/dias, dizem, se preciso for, o contrário. Só porque se tem uma idiologia política diferente...mesmo que esteja correcto para o bem da nação...contradiz-se...enfim, simplesmente entristeço-me com estas tristes histórias de arrepiar e de terror...para aqueles que se encontram sem emprego e com a família para sustentar.
Um Santo Domingo, com muita serenidade.
Mer
De hasbranco a 21 de Novembro de 2010 às 17:56
Hoje como sempre passei por aqui...para te segredar que também morri por ti contigo no pensamento...

Sê Feliz estarei contigo em todas as Horas!

Cristo

De inês a 21 de Novembro de 2010 às 18:31
O que deveria ficar para a história era a demissão dos envolvidos, que pelos vistos falam como papagaios, lendo o que não escreveram nem pensam. Eu achei uma vergonha e uma enorme falta de nível. A prova de uma grande incompetência.
De Raquel Martins a 22 de Novembro de 2010 às 10:03
Afinal de quem foi o discurso orginal?...será que afinal é o secretário de estado que trabalha e o ministro canta em playback?....isto faz-nos pensar na forma parasita como muitas coisas se passam...não só na política, mas em outros campos...Há uns que trabalham e há outros que se apoderam dessa criatividade e talento em nome próprio, sem muitas vezes, conseguir explicar por incapacidade dos detalhes dessa mesma originalidade...assim vai a nossa política em Portugal!
De Zilda Cardoso a 23 de Novembro de 2010 às 08:05
É tão ridículo! E tão triste. Ou talvez seja burlesco?!

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds