Sexta-feira, 12 de Novembro de 2010
Uma gestão mais positiva do tempo

 

Amanhã vou participar numa conferência muito interessante sobre a gestão positiva do tempo. Organizada por Helena Marujo, a conferência decorre na Culturgest e envolve mulheres empenhadas em rentabilizar o seu tempo e geri-lo de uma forma mais construtiva, seja no trabalho, nas horas de lazer ou em família. O tempo é um bem escasso (porventura o mais escasso de todos os nossos bens) e importa aproveitá-lo bem, com a maior eficácia possível. Acho o tema muito estimulante e apetece-me imenso este debate de ideias. A propósito, se alguém tiver alguma história ou episódio eloquente para contar, sinta-se livre para o fazer porque todos os testemunhos nesta e noutras matérias são muito benvindos. Como sempre, aliás.

publicado por Laurinda Alves às 13:41
link do post | comentar | favorito
17 comentários:
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 12 de Novembro de 2010 às 14:33
É comum ouvirmos dizer que o dia deveria ter 48 horas, em vez das 24h e até nós, que somos organizados e gerimos bem o nosso tempo, por vezes também gostariamos que assim fosse.
Mas o tempo é imutável e cabe-nos a nós geri-lo.

Por isso, a minha gestão de tempo passa pela gestão de prioridades. No trabalho e na vida pessoal.

Em contrapartida, há situações em que queremos que o tempo passe depressa. Se tivessemos um comando e pudessemos fazer "Fast-Forward", era o que fariamos de imediato. Falo concretamente das alturas difíceis, daquelas em que sabemos que, só o tempo, poderá ajudar e aliviar a dor.

Um tema que, sem dúvida, dá "pano para mangas".
Gostaria de participar nessa conferência.
Aproveite-a bem, Laurinda :)
De Laurinda Alves a 12 de Novembro de 2010 às 22:36
Prioridades e critérios, eis as palavras-chave para gerir o tempo a nosso favor. Obrigada pelo comentário e contributo! Abraço
De Isabel Maia Jácome a 12 de Novembro de 2010 às 15:02
...que graça Laurinda, por coincidência hoje, poucos minutos depois de meia noite coloquei um post no meu blog sobre essa questão do tempo e a necessidade de tomarmos consciencia dele... da importância de o aproveitar ao máximo no sentido do nosso crescimento e desenvolvimento global. Tempo de trabalho, tempo de lazer... todo ele "trabalho", no sentido de não ser desperdiçado...
...confesso que hoje o escreveria de forma diferente..., mas a intensão da reflexão é que me interessa... e partir dali pode pensar-se nas coisas mais práticas... e essas, realmente nos dias de hoje interessam... ideias, exemplos como pede. Fantástico!
beijinho grande
Isabel e Pedro
De Laurinda Alves a 12 de Novembro de 2010 às 22:36
Duas linhas para agradecer a sua presença atenta sempre e para mandar abraços para si e para o Pedro :)
De Cristina Curto a 12 de Novembro de 2010 às 15:18
Olá Laurinda,
Bom dia.
Inscrevi-me há um tempo na Universidade Aberta. Exige uma gestão pessoal do tempo hercúlea. Logo no início, somos obrigados a frequentar um módulo de ambientação online. No decorrer desse módulo o tema da gestão do tempo é amplamente debatido. Tenho algum pequeno material para lhe mandar: uma historieta, um pdf "The Pomodoro Tecnhique", "Administrar o tempo é planejar a vida" de Eduardo Chaves".
Tenho todo o gosto em reencaminhá-los, basta-me um enderço para onde os possa mandar via e-mail. Caso interesse, claro!
Um beijinho
De Laurinda Alves a 12 de Novembro de 2010 às 22:38
Cristina, muito obrigada pelas sugestões. se não se importa fazemos como eu costumo fazer: a Cristina escreve um comentário com o seu mail, que eu não aprovo, e eu respondo-lhe por mail. Um abraço
De Francisca a 12 de Novembro de 2010 às 16:12
Boa tarde,

Gostaria saber se a Conferência é aberta ao público ou se é preciso inscrevermo-nos.

Obrigada e viva a Helena Marujo que é um exemplo!

Francisca
De Laurinda Alves a 12 de Novembro de 2010 às 22:39
Francisca, a conferência é para pessoas que se inscreveram e, por isso, não é aberta ao público. A Helena Marujo é sem dúvida nenhuma uma grande profissional e uma grande mulher. abraço!
De Marcolino a 12 de Novembro de 2010 às 16:41
Querida Laurinda,

Que me recorde, nunca desperdicei o meu tempo com o que quer que fosse. Não tinha prioridades porque o meu tempo estava tripartido, isto é, Familia, Trabalho, e Lazer! Muitas vezes fui convidado para fazer parte de determinados grupos e agremiações, mas declinava, educadamente, os convites.
Fui ensinado, desde muito jovem, 10 anos de idade, a ser disciplinado e a saber gerir o meu tempo e, acima de tudo, nunca ir para além das minhas capacidades fiisicas e intelectuais.
Meu pai foi o meu Mestre...!

Abraço
Marcolino
De Laurinda Alves a 12 de Novembro de 2010 às 22:38
Teve muita sorte, Marcolino. E teve um grande Mestre :) Abraço
De Angela C. a 12 de Novembro de 2010 às 21:44
Ora aí está uma conferência a que precisava de ir, pois esta semana foi uma loucura de trabalho e falta de tempo.
Laurinda, eu sei que a sua gestão do tempo deve ser difícil, mas esqueceu -se de mim? É que dia 18 é a próxima quinta-feira.
Como já lhe enviei os contactos espero uma resposta. pode ser por telemóvel para se resolver mais depressa a situação. Desculpe a insistência , mas estou a ficar preocupada...
Ângela Curral
De Laurinda Alves a 12 de Novembro de 2010 às 22:35
Ângela, deixei uma mensagem de voz no seu voice mail, ouça-a por favor e diga-me alguma coisa. Sinta-se livre para responder. Um abraço.
De Maria Araújo a 12 de Novembro de 2010 às 22:40
Espero ler o resultado da conferência, aqui no seu blogue.


De viguilherme a 13 de Novembro de 2010 às 10:07
Sera uma conferencia a ouvir e refletir ...mas será que uma reflexão sobre o "elogio ao ocio "de Bertrand Russel l também não podera fazer pensar sobr a gestão do tempo tempo ......é sempre bom sentir varias pulsações ,pois é na diversidade/movimento de ideias que irrompe luz........

Grande sucesso para o dia .....
De Anónimo a 13 de Novembro de 2010 às 11:51
“Tempo…é o remédio/cura de tudo o que é belo ou medonho e que nos acontece aqui e agora…ou do que já passou/vivemos e não recordamos de vidas passadas.”
Santo Agostinho tem uma dissertação sobre o tema TEMPO...é longa, mas muito interessante e com muito conteúdo, atendendo ao TEMPO, não nosso aqui, mas o DELE.
Tudo que nos acontece, mesmo o gerir o TEMPO neste tempo de agora, é comandado pelo TEMPO Universal.
Ex: por vezes, atrasamo-nos por isto ou por aquilo...saímos mais tarde ou chegamos mais cedo a... sem sabermos/apercebermo-nos mas, esse TEMPO foi conduzido por ELE para nosso benefício. No preciso momento não o entendemos, mas mais tarde, por vezes, vimos a constatar que foi assim para nosso bem/benefício...
Para gerir o TEMPO vulgarmente vivido...é tal e qual como a Laurinda disse: «Prioridades e critérios, eis as palavras-chave para gerir o tempo a nosso favor»
Um abraço carinhoso
Mer - blogue "retiro do éden"
De Cristina Curto a 15 de Novembro de 2010 às 09:33
Bom dia a Todos.
Já não vou a tempo de fornecer qualquer coisita para a conferência, mas fica o meu mail just in case": curtocristina@gmail.com .
Os documentos são os seguintes:
- Gestão do Tempo, Associação Empresarial de Portugal , Programa Nacional de Qualificação de Chefias Intermédias;
- The Pomodoro Technique by Francesco Cirillo;
- Administrar o tempo é planejar a vida, Eduardo Chaves.

Um beijinho a todos, boa semana.
Laurinda, o seu blog faz-me feliz. É dos únicos sítios da minha vida, onde tudo é positivo, onde a energia é positiva, sempre. Obrigada.

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds