Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010
Tudo pelo bem comum

 

Esta noite adormeço contente por ser a véspera do lançamento do FUNDO BEM COMUM, um fundo a ser gerido por uma sociedade de capital de risco e que visa promover e apoiar projectos empresariais de desempregados ou pré reformados com mais de 40 anos. "Trata-se de um projecto promovido pela ACEGE, estruturado pela Mckinsey e que se tornou possível graças ao apoio do Banco Espirito Santo, do Grupo José de Mello, da Caixa Geral de Depósitos, do Grupo Santander e do Montepio Geral".

 

António Pinto Leite, da ACEGE, (d)escreve melhor que eu o espírito deste FUNDO BEM COMUM, que acho uma iniciativa notável e vai permitir a muitas pessoas começar a ver luz ao fundo deste túnel longo e sombrio da crise financeira nacional e mundial.

 

"Não aceitamos que o desencanto e a solidão se apoderem de quantos estão a ser atingidos pela crise. Recusamos que tanta gente com tanto para dar ao nosso país seja desaproveitada e esquecida. Desafiamos quantos caíram no desemprego a reagir. Pretendemos que, com o nosso apoio, recusem pôr um ponto final na sua vida profissional e empresarial.

O sucesso deste projecto passa pelo amor ao próximo que o inspira, pela solidariedade empresarial que o torna possível, pelo profissionalismo da equipa que o vai gerir e pelo envolvimento de cada um de nós, motivando a adesão daqueles que estão em maiores dificuldades e disponibilizando-se para colaborar no acompanhamento dos novos projectos de investimento."

 

Vou passar a manhã na sede da CGD a ouvir o painel de oradores que se junta para lançar e divulgar este FUNDO BEM COMUM. Filipe Santos, que foi meu professor em Fontainebleau é o coordenador do departamento de Empreendedorismo Social do INSEAD que é, como se sabe, uma school business e uma das melhores universidades do mundo. Vai ser uma manhã em cheio e sabe-me bem fazer uma pausa nesta saga das mudanças.

publicado por Laurinda Alves às 00:04
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De João Nuno a 27 de Outubro de 2010 às 02:23
Querida Laurinda,
no momento em que leio o seu post recebo um mail sobre as dificuldades que a Ajuda de Berço está a passar. Custa-me tanto sentir tudo isto...principalmente quando se trata de crianças.
Se me permite, e apesar de já o ter feito também no meu blogue, copio aqui neste comentário o conteúdo do e-mail..."tudo pelo bem comum".
Há 3 anos desenvolvi um projecto de solidariedade com os meus alunos e com a Ajuda de Berço e foi fantástico. Ver crianças a oferecer a outras materiais que eles próprios criaram e construiram com amor...é do mais terno que há.
Um beijinho, com ternura.
João Nuno
___________________________
Queridos/as amigos/as,

A Ajuda de Berço - Instituição de Solidariedade Social que acolhe crianças em situação de risco - está a precisar da vossa ajuda, para não ter de fechar uma das casas. Todos os dias é preciso muito dinheiro para responder aos cuidados básicos - de saúde, alimentação e conforto - dos 40 bebés que a instituição acolhe.

Os donativos em género são muito importantes, mas infelizmente não são eles que pagam as despesas fixas mensais (pessoal, contas da água, luz, telefone, gasolina, terapeutas...). Por isso, e devido às dificuldades que a Ajuda de Berço está a passar, pedimos o vosso apoio, tanto na divulgação desta mensagem, como na contribuição. Cada cêntimo faz a diferença!

Como é que podem ajudar?

- Oferecendo os produtos de maior necessidade (se forem oferecidos, a instituição não terá de os comprar)

PRODUTOS DE MAIOR NECESSIDADE ESTE MÊS
√ Açucar
√ Arroz
√ Atum
√ Azeite
√ Detergente de Loiça
√ Detergente Roupa da máquina
√ Fraldas 4 a 10 kg; 9-15 kg e 13-18kg
√ Guardanapos
√ Fraldas 4 a 10 kg; 9-15 kg e 13-18kg
√ Leite em pó nr 1 ( qualquer marca)
√ Lixivia para a roupa delicada

PRODUTOS ALIMENTARES
√ Leite em pó n.º 1 ( Todas as marcas)
√ Leite em pó especiais AR e HA ( Todas as marcas)
√ Atum
PRODUTOS DE HIGIENE
√ Sacos do lixo de 100 litros
√ Luvas hospitalares
√ Cadeiras de comer
√ Pilhas médias e grandes
√ Colónias
√ Oléo Corporal
PRODUTOS FARMACÊUTICOS
√ Motilium
√ Atrovent inalador
√ Clamoxil 250
√ Clavamox Dt 400
√ Canesten
√ Seretaide 25-125
√ Flixotaide 25-125
√ Miltre soro
√ Klacid 125
√ Dermofix pó
√ Biopenthal
√ Oxolamina
√ Neo sineferina gotas
MATERIAL DIDÁTICO
√ Digitinta (várias cores)
√ Cartolinas
√ Papel de Lustro
√ Cola Branca
√ Pincéis grossos
√ Folhas A3
√ Folhas A4
√ Lápis grossos de pintar
√ Canetas grossas de pintar

* Inscrevendo-se como associado : quota (mínimo anual) 30€ + Jóia de 10€;

* Telefonando para os seguintes números 760300410 (chamada com o custo de 0,60€ “ para todas as redes ) , 761300410 (chamada com o custo de 1 €, apenas para a rede fixa ) e/ou 762300410 (chamada com o custo de 2€- apenas para a rede fixa;


Há ainda muito mais formas de ajudar. Basta aceder ao site www. ajudadeberco.pt e escolher!


Alguns links de reportagem sobre a Ajuda de Berço:

http://www.rtp.pt/noticias/?t=Ajuda-de-Berco-regista-diminuicao-dos-mecenas.rtp&headline=20&visual=9&article=384161&tm=8

http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2010/10/ajuda-de-berco-pode-ter-de-encerrar-uma-das-duas-casas-por-falta-de-dinheiro12-10-2010-15313.htm

http://www.publico.pt/Sociedade/ajuda-de-berco-corre-risco-de-fechar-um-centro-de-acolhimento-de-bebes-por-falta-de-dinheiro_1460878


Obrigada a todos! Bem hajam!



De Alexandra Silva a 27 de Outubro de 2010 às 19:56
Boa noite João,
Já contribui através da linha telefónica e também já apelei no meu blog, a que outras pessoas contribuam também.
De Filipe Costa a 27 de Outubro de 2010 às 21:39
ja tinha lido o seu post.....e vi hoje, na tvi24, às 17h15, uma entrevista com nuno thomaz sobre este tema da frente bem comum.

gostei e vou tentar passar a informaçao.

De Fernanda.M.Matias@Seg-Social.pt a 28 de Outubro de 2010 às 14:27
As ajudas á Ajuda de Berço

Será que esta Instituição deixou de receber a comparticipação mensal do Estado? Fico preocupada, pois não estou a imaginar a sua subsistência/ sustentabilidade, através de donativos, a menos que sejam de elevadíssimos montantes, porquanto os custos de funcionamento destes equipamentos, são muitissimo elevados. E de facto a água , a luz, os custos com pessoal, não se podem pagar em géneros, ainda que seja uma boa ajuda.


Fernanda Matias
De Paula Seixas a 27 de Outubro de 2010 às 10:48
Bom Dia Laurinda :-)
Obrigada pelas dicas que aqui deixa, sempre tão importantes e cheias de sentido, nos tempos que se vivem.
Espero que as "dores" dos seus amigos se tenham suavizado e estejam todos bem.
Beijinhos.
Paula Seixas

De viguilherme a 27 de Outubro de 2010 às 12:10
há tantas formas de ajudau e tantos modos ,que todas são bem vindas .....espero que não seja mais uma competição de ajudas ou uma maratona ....não ....penso que são dádivas para um mundo em mudança e melhor ......é sempre bom sabermos e sermos agentes de apoio e mudança para um mundo melhor .Espera-se que cada vez mais cada um a seu modo e sua forma faça parte desta dinamica e da sua execução .Bem -Hajam
De Alexandra Silva a 27 de Outubro de 2010 às 19:58
Depois, quando tiver oportunidade, conte-nos um pouco do que ouviu.
Abraço

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds