Terça-feira, 19 de Outubro de 2010
A Grécia aqui tão perto

 

A capela da Senhora da Rocha ao entardecer. Fui com o meu pai dar um passeio até à ermida e andámos por ali a pé. Os muros brancos, caiados, as árvores podadas, o mar e as escarpas são uma beleza. Esta tarde este lugar fez-me lembrar a Grécia.

 

 

 

publicado por Laurinda Alves às 19:44
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Georgina Matos a 19 de Outubro de 2010 às 20:03
Será o Sr. Nunes de costas junto ao muro na 4ª fotografia?! Parece...
Beijos.
De Laurinda Alves a 21 de Outubro de 2010 às 14:29
Querida Georgina, é o senhor meu pai, sim :) Abraço nosso!
De Paula Nunes da Silva a 19 de Outubro de 2010 às 20:30
Este lugar é muito especial para mim. É uma espécie de retiro especial. Para além disso, foi nesta capela que os meus pais casaram. Para mim, representa a génese da minha existência. Aproveite estes dias de Outono nesse local tão aprazível e soalheiro. Eu, por cá, continuarei a deliciar-me com a leitura do seu blog que é tão inspirador e a aguardar "em pulgas" la estreia do programa "Portugueses sem Fronteiras". Um beijinho

Paula
De Laurinda Alves a 21 de Outubro de 2010 às 14:31
Que giro, Paula. Obrigada por partilhar esse facto e as suas memórias. Também tenho algumas memórias da senhora da Rocha que estão associadas ao meu filho e à sua viagem de finallistas ... quando ele tinha 8 anos e fechava um ciclo de vida no colégio. Abraço!
De licinia serôdio a 19 de Outubro de 2010 às 23:39
Olá Laurinda:
No último ano fui uma privilegiada em poder passar duas semanas fantásticas com a Ermida da Sra. da Rocha no horizonte, mas o maior dos privilégios veio do facto de o fazer com dois filhos, um sobrinho e um marido fantásticos. Tudo tem um sabor diferente quando partilhado com os que amamos. Compreendo-a.
Licínia
De Laurinda Alves a 21 de Outubro de 2010 às 14:31
E eu compreendo-a a si, querida Licínia! Abraço. :)
De Marcolino a 20 de Outubro de 2010 às 07:23
Bom dia Laurinda!
Mas que maravilhosas imagens feitas de angulos bem sugestivos!
Abraço
Marcino
De Laurinda Alves a 21 de Outubro de 2010 às 14:32
Obrigada, Marcolino. Um abraço de nós os 3.
De concha a 20 de Outubro de 2010 às 13:23
Querida Laurinda!
É sempre uma felicidade vir aqui receber tanto .Bem haja por tudo o que nos dá e que o Céu inunde de paz a sua vida na casa nova .Sempre me despedi com pena das casas onde vivi e depois entrei com alegria na nova casa .A mudança é sempre boa ,porque nos abre outras perspectivas de vida .
Um abraço dos eternos com saudades mesmo .


De Laurinda Alves a 21 de Outubro de 2010 às 14:33
Mudar de casa é sempre uma aventura... dá-me imensa preguiça voltar a empacotar tudo, mas o que tem que ser tem muita força. Estou aqui no Algarve com os meus pais a apanhar balanço para essa tarefa que se anuncia :) Abraço nosso!
De Antonio a 21 de Outubro de 2010 às 11:55
Olá Laurinda, bom dia! Espero que tudo corra bem Há muitos anos que admiro o seu trabalho e a sua escrita. Chamo-me António, vivo em Coimbra, sou Eng.º Agrónomo e Gestor. Nos meus (não) tempos livres colaboro c/ a ACREDITAR- Crianças com Cancro (conhece?). Gosto de escrever.

Em 2011 pretendo editar 1 livro (ainda não sei quando) e oferecer as verbas obtidas no lançamento (Benemérito) do mesmo, às crianças da ACREDITAR de Coimbra.

No meu livro (7 contos) a 1ª história chama-se “Conheço-te dos meus sonhos”. Foi escrito após ler um livro seu em que contava a história de um homem que se teria dirigido a si (Egipto?) e dito que a conhecia dos seus sonhos. Achei a imagem bonita demais para não voltar a ser escrita.

Um dia ainda lhe envio a ideia do livro e os sete contos.

Continue a ser a pessoa fantástica que é.

1 Abraço.

António Brazão.
De Laurinda Alves a 21 de Outubro de 2010 às 14:36
Curioso, este seu comentário, António. Agradeço a sensibilidade com que conta o que conta e aproveito para lhe dizer que também em mim essa frase continua a fazer eco. Não porque tivesse sido proferida com algum sentimento especial (o rapaz deve repetir esta e outras frases a todas as turistas que passam por ali) mas porque é uma frase em si muito bela e inspiradora. Muito literária, sim. E cinematográfica. Espero que lhe corra tudo pelo melhor e desejo-lhe as maiores felicidades.

Comentar post

.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds