Segunda-feira, 2 de Agosto de 2010
Teresa e Luísa

 

Eu estou péssima na fotografia mas a Teresa e a Luísa estão óptimas, bonitas e iguais a si mesmas. Não resisto a estas miúdas. Ontem à saída da audição de piano estava muito vento e ficámos as três cheias de frio. Valeu-nos a minha écharpe de algodão encarnado... A Teresa ontem mostrou-me todos os livros que já leu nas férias e é impressionante. Está entusiasmada com a colecção Uma Aventura e já chegou a ler um livro inteiro em apenas um dia. Bravo! Ela adora o grupo de aventureiros e gosta da coincidência de nomes das gémeas Teresa e Luísa, duas das protagonistas destes livros. Também acho graça à coincidência de nomes. A Luísa ainda não lê mas já escreve algumas palavras de cor. E tal como a Teresa, faz desenhos giríssimos. Ah! E tira fotografias! Deixo aqui 3 imagens 'abstractas' (como me explicou) que ela tirou com a minha máquina, mais uma da Teresa a ler os seus livros.

 

publicado por Laurinda Alves às 19:25
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Conceição Santos a 3 de Agosto de 2010 às 14:59
Boa Tarde , deixa-me que lhe diga que a primeira fotografia me deixou cheia de saudades , saudades dos tempos ainda não muito distantes que as minhas sobrinhas se aninhavam no meu colo, que ficavam chorosas quando me vinha embora. O tempo passa tao tao depressa hoje olho para aquelas duas miúdas que vi crescer, que tentei como ainda tento acompanhar na medida do possivel e vejo-as " partir" para o seu grupo de amigos , para os seus afazeres escolares, para os seus interesses.
Olho com nostalgia para aquela fase de vida que a tia era no fundo alem dos pais e dos avós o seu porto de abrigo.
Não tenho filhos e por isso sempre olhei para elas e para os outros dois primos ( estes ainda pequenos) como um prolongamento de mim mesma, digo-lhe muitas vezes sabem que eu qualquer circubstancia eu la estarei para as apoiar , e se porventura necessário for ajudar a limpar as lágrimas quando a desilusão ou as revezes da vida as deixarem tristes.
Mas sei que cada vez mais a vida nos vai afastando, elas iram atrás dos seus sonhos e dos seus projectos .
Digo-lhe muitas vezes em jeito de brincadeira que gostaria muito que elas um dia que eu parta para a outra margem , sejam elas as guardiãs do tesouro familiar daquelas pequenas coisas carregadas de memorias que passam de geração em geração .
Mas como lhe digo algumas vezes o importante é serem responsaveis, com ambiçoes e principios e tudo o resto virá por acréscimo.
De Fernanda Matias a 3 de Agosto de 2010 às 15:39
Aqui a celebração á beleza , á alegria, á leitura, á descoberta do mundo , aos afectos, á Família e á vida.

Um abraço

Fernanda Matias
De Marcolino a 4 de Agosto de 2010 às 06:38
Olá, olá, Laurinda!
Gosto, particularmente, desta sua expressão, abraçando, qual Anjo da Guarda, as suas duas sobrinhitas!
Abraço
Marcolino
De sonia a 7 de Agosto de 2010 às 22:49
Laurinda, não diga que está péssima! Está com o ar de quem assumiu as dificuldades para que elas se mantivessem serenas e sorridentes! Muito maternal a foto!

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds