Terça-feira, 3 de Novembro de 2009
Parabéns, pai!

 

Querido pai, parabéns pelos seus 78 anos; pela extrema dedicação aos filhos; pelo amor incondicional aos netos; pela juventude com que encara a vida; pela incansável disponibilidade sempre; pelas idas e vindas incessantes a pé, de carro ou de eléctrico pela cidade; pela liberdade com que gosta de fazer as coisas 'à sua maneira'; pelo gosto de ler e ensinar; pela paciência quando ficamos impacientes; por nunca guardar rancor; por querer o melhor para todos (e nunca para si, já viu?!); por ficar horas à espera de cada um de nós sempre que precisamos de si e nunca nos levar a mal se o fazemos esperar; por nos levar pela mão quando éramos crianças; pelo exemplo extremo de integridade; pela primeira ida a Paris; pelas viagens que fizemos dentro e fora do país; pelas histórias de Goa; pela memória dos domingos de manhã na sua cama; por nos querer explicar sempre tudo; por se levantar cedo para nos comprar pão fresco para levarmos nas excursões da escola (éramos os únicos que não tinham sanduiches feitas na véspera!); pelos bilhetes de cinema, pelas estreias e ante-estreias que fizeram as delícias da nossa infância e juventude (também éramos os únicos que viam os filmes antes de eles chegarem ao cinema!); pela sua coragem na saúde e na doença; pela força com que supera todas as adversidades (na convalescença das suas operações aos joelhos o Fernando pedia 10 exercícios e o pai fazia sempre 20!); pela energia inquebrantável e pela facilidade com que ri e faz os outros rir. Daqui a 2 anos faz oitenta mas olho para si e parece-me que nunca passou dos 60. Parabéns também por isso. E obrigada por tudo, pai.

 

publicado por Laurinda Alves às 00:38
link do post | comentar | favorito
25 comentários:
De Piquenina a 3 de Novembro de 2009 às 08:17
Querida Laurinda,

é sempre uma alegria e uma emoção estes aniversários. Eu, pelo menos, sinto-o assim. Sobretudo o dos meus avós, que estão mais próximos da faica etária dos seue pais, pelo que posso perceber.

Há um "milagre" subjacente e que não consigo explicar nestes aniversários que celebram uma vida de entrega.

Parabéns, então, ao pai!
bjinhos
Piquenina
De Nucha a 3 de Novembro de 2009 às 08:19
Laurinda,
Parabéns ao seu pai!
Gosto muito de a ouvir dizer o que sente. Temos que dizer, cada vez mais, o que sentimos em relação a quem amamos e só assim a vida, os afectos, a família e os amigos podem fazer sentido.
Abraço.
Nucha
De Augusto Küttner de Magalhães a 3 de Novembro de 2009 às 09:02
Laurinda
Parabéns por saber que tem um PAI assim, e por de forma tão brilhante, LHE e nos mostrar o que é o SEU PAI, e como se deve ser Pai.
Pai como este Seu, não háverá muitos, mas ser assim Pai deve ser uma honra.

Parabens claro ao Pai.

Augusto
De PAS a 3 de Novembro de 2009 às 09:12
Parabéns ao Pai e a restante família.
De viguilherme a 3 de Novembro de 2009 às 09:16
É mesmo a cereja encima do bolo ,este aniversário de seu pai ....,parabéns a ele e sua mãe que de certeza o cuidou tão bem para poder ter e estar na vida a partilha-la com amor com todos que com ele a tem vivenciado .........Muita Saúde e Amigos também ...........Parabéns



O Bruno e o Armindo mesmo ausentes terão outro olhar e cuidar com todos que com eles estiveram próximos ......


Parabéns ao clã /família neste dia de ternura e afectos .....

De Cindy a 3 de Novembro de 2009 às 09:35
Não há nada melhor no Mundo do que ter orgulho nos nossos pais!!
Parabéns pelos 78 anos!!!
Parabéns pelo pai maravilhoso!!
Uma beijoca grande!
De Cristina Costa a 3 de Novembro de 2009 às 09:56
Laurinda,
emocionou-me tudo aquilo que escreveu ao seu Pai.
É tão bom poder fazê-lo, quando ele(s) estão presentes na nossa vida...
Há depois aquele lado, do pouco que se diz ou consegue dizer e do muito que se sente.
Um abraço
Cristina
De Isabel Mota a 3 de Novembro de 2009 às 10:01
Olá querida Laurinda
Este comentário dirige-se antes de mais ao seu pai; Parabéns! Desejo que a sua vida continue a ser cheia desta luz que nos é transmitida pela sua filha e parabéns por ter construído com a sua esposa uma família grande e unida. Um beijinho muito grande também para ela.

Para si Laurinda muito obrigada pelo testemunho de amor que aqui nos deixa, pela partilha de uma intimidade tão linda e pela forma transparente como vive e fala do amor e dos afectos que unem a sua família. Que bom partilhar tanto consigo. Recebam todos um grande abraço e que este dia seja repleto de encontros, abraços e beijos. E de um bolo muito docinho, caso o pai seja guloso!
Isabel Mota
De Joana Freudenthal a 3 de Novembro de 2009 às 10:19
Como to própria dirias:

«TENS NOÇÃO DO PRIVILÉGIO?»

Não tenho dúvidas que sim.
Muitos parabéns e que tenham um dia abençoado!
Mais beijinhos.
Joana
De conceicao santos a 3 de Novembro de 2009 às 10:21
é a primeira vez que me atrevo a comentar um artigo seu, embora faça parte do meu quotidiano quando chego ao escritório ir ao seu blog, hoje comovi-me com o seu obrigado ao seu pai, sabe também tenho a felicidade de ter os meus pais vivos, o meu pai fará também este ano se Deus quiser 78 anos , e fico comovida e agradecida a vida de me ter dado os pais que me deu, que vivendo numa aldeia , com fracos recursos incentivaram os 3 filhos a estudar , todos seguiram a via académica, e olho para aqueles rostos cansados e vejo uma alegria incomensuravel por sentirem os filhos realizados, uma familia que embora dispersa geograficamente se encontra ainda com regularidade na casa paterna. Hoje deixou-me com uma lagrima de nostalgia mas também de alegria e com uma vontade enorme de compartilhar com todos os pais maravilhosos que tenho, que vivem em prol da familia que construiram , hoje mais alargada com os netos que são em grande parte a razão de viver. Obrigado por isso , por hoje me deixar ainda mais sensibilizada e mais agradecida aos pais que tenho o condão de ter

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds