Quarta-feira, 5 de Novembro de 2008
A autenticidade é a verdade para além das palavras

 

Eis uma frase célebre de Barack Obama, hoje eleito presidente norte-americano: "uma das qualidades mais raras nos políticos é a autenticidade, essa verdade que está para além das meras palavras". Obama trouxe novas palavras à política mas, acima de tudo, uma nova atitude e um sentido de empatia profundo que se traduz na "exigência permanente de nos pormos na pele das outras pessoas e vermos os seus pontos de vista".

 

Obama é o 44º presidente norte-americano. Estou radiante com esta vitória pois teria votado nele sem hesitações. Li o seu livro há precisamente um ano e fui acompanhando este ano de campanha eleitoral sem nunca me ter desiludido com ele. Tal como o próprio assumiu esta madrugada, o desafio é grande e o caminho muito difícil, mas não impossível. Viva o Obama, viva a esperança e viva a mudança!

 

publicado por Laurinda Alves às 08:25
link do post | comentar | favorito
24 comentários:
De Vera Baeta Lima a 5 de Novembro de 2008 às 09:40
Eu também teria votado Obama. Hoje estou em Festa por dentro e por fora. Obama merece esta Festa Universal, tudo o que ele representa merece esta festa Universal!
De anamariaoliveira a 5 de Novembro de 2008 às 10:29
Foi uma grande vitoria para todo o mundo.
AnaMaria.
De Mario a 5 de Novembro de 2008 às 10:30
Laurinda Alves,
Como é que uma católica, que se afirma uma pessoa de Fé em Deus pode considererar um viva á esperança e um viva á mudança para um homem falso que se revelou a favor do aborto e da eutanásia?
Afinal quais são as suas causas?
Deixou-se envolver pelo relativismo das luzes e do fogo de artificio?
Parece-me que a Laurinda não acompanhou bem a campanha.
Que Deus a ajude a si e ao seu amigo Obama
De Augusto Küttner de Magalhães a 5 de Novembro de 2008 às 13:12
Posso comentar? Parece-me que uma das virtudes de muitos é saberem escolher o melhor globalmente e não bloquiarem com coisas que serão para os próprios muito importantes, mas são minudências num mundo global! Com tantos problemas, tantas dificuldades, tanta miseria, tanta desgraça! Por vezes o bom senso é uma necessidade!
De Concha a 5 de Novembro de 2008 às 14:01
Mario!
Acabei de ler o seu comentário e senti-me no dever, não de vir em defesa da Laurinda porque ela não precisa que o faça ,mas como católica convicta e portanto obediente ao Papa .Leia a agência Zenit e ficará elucidado sobre a reacção do Papa e portanto de todos os católicos que ele representa .
Permita que acrescente só mais isto , a Deus nada é impossível e os caminhos que utiliza para que sejamos felizes , nem sempre são os que nos parecem mais direitos.
Um abraço com votos das maiores felicidades .
De Mario a 5 de Novembro de 2008 às 18:59
Já li. Apens li que se farão orações e pedidos de ponderação como por exemplo este «Por isso, todos desejamos ao novo presidente que responda a estas expectativas e às esperanças que se depositam nele, servindo eficazmente o direito e a justiça e encontrando caminhos adequados para promover a paz no mundo; favorecendo o crescimento e a dignidade das pessoas no respeito dos valores humanos e espirituais essenciais.». Não li em lado algum que a Igreja aplauda esta eleição...
De concha a 5 de Novembro de 2008 às 21:00
Ainda bem que leu . A Igreja sendo prudente nas posições que toma não deixa de manifestar o que mais deseja que aconteça , como sempre se faz em relação a alguém em quem á partida já se confia .
Quanto ás manifestações exteriores de júbilo é evidente que só temos razão para as ter depois da fase de deserto que os E.U. atravessaram.
E assim termino.
De Augusto Küttner de Magalhães a 6 de Novembro de 2008 às 14:39
Mário, não sei se a Laurindda vai querer publicar este comentário, mas parece-me que está demasiado "obsessivo" com os seus pensamentos focados excessivamente numa vertente, que não o deixa olhar para mais nenhum lado. Parece quase e desculpe : fanatismo!
De Laurinda Alves a 5 de Novembro de 2008 às 14:26
Mário, mal de mim no dia em que não conseguir reconhecer virtudes às pessoas que pensam de forma diferente da minha.
De Augusto Küttner de Magalhães a 5 de Novembro de 2008 às 18:43
Laurinda é um dos aspectos da sua personalidade ser possível comunicarmo-nos, sem ter que pensar exactamente a mesma "coisa" sobre alguns "temas". E quando nos é possível, passar essas diferenças e apostarmos no bom-sendo, nos respeito por nós e pelos nossos semelhantes, conseguiremos todos bem dialogar e até "estar" neste seu bom blog.

Augusto
De Fred a 5 de Novembro de 2008 às 15:19
Mário, acho que está confundido... Pelo facto de um homem ser a favor do aborto e da eutanásia não faz dele um falso nem um pior líder. E a maior potência do mundo precisa de liderança e de bom senso, ambos em elevado déficit há alguns anos. Mais de metade dos americanos e quase todos os europeus acreditam que Obama os trará. Acha que todos eles são a favor do aborto e da eutanásia? Não obstante votaram ou votariam nele. Desconfunda-se. E que Deus a isso o ajude.
De inês a 5 de Novembro de 2008 às 18:41
Ainda bem que não há certezas sobre a existência de Deus. Ouvindo pessoas tão seguras de si mesmas se atrevem a criticar o próximo tão pressurosamente em nome de deus isso arrepia-me sempre. Faz-me sentir um grande desassossego, uma grande distância da paz. Exactamente o oposto dos que falam em nome de deus deviam fazer os outros sentir...
De Augusto Küttner de Magalhães a 5 de Novembro de 2008 às 10:40
Penso que a Europa votaria em massa em Obama! Penso que é O Presidente esperado e desejado por muitos de nós, para governar os EUA! Penso que vai fazer muito de bem, mas não fará o impossível!
Será o homem da viragem, da saída de um desastre chamado Bush, para uma esperança em algo novo e diferente! Não se lhe pode exigir demais, mas vamos esperar que possa dar o seu melhor.

Até que enfim que leio , pela Laurinda a verdadeira definição de Empatia, que é "colocarmo-nos no lugar do outro" e "NÃO simpatizar - ou amar o - com o outro". Apesar que Adam Smith usa sempre esta ultima definição, que suponho não ser a exacta, e penso que o faz mais na vertente economica!
De IM a 5 de Novembro de 2008 às 15:55
Que Deus o ajude a si também, Mário. Tal como a Laurinda, sou também fã do Obama e da esperança que ele encarna. E, já que fala de católicos e de fé, Obama é sem dúvida um homem inspirado, que lutará pelo bem comum, pelos direitos dos mais fracos e que dará ao mundo um grande contributo em matéria de esperança, igualdade, respeito e democracia. Que lutará por uma nova forma de fazer politica, de servir o bem comum, que nos ajudará a voltar a acreditar que os políticos servem, antes de mais, os interesses da nação e, como tal, de cada um de nós, independentemente de raças e credos. Com Obama inauguramos uma nova página na história dos EUA e no mundo inteiro. Acima de tudo, inauguramos uma página na vida de todos os que não perderam a esperança de um mundo melhor, mais justo, mais coeso e mais fraterno.
De Amélia a 5 de Novembro de 2008 às 16:33
Laurinda ,

também eu estou muito feliz com a vitória de Obama,acompanhei a sua campanha de longe mas parece.me promissora e acima de tudo uma "lufada de ar fresco".
Um beijo
Amélia
De ofaroldealexandria a 5 de Novembro de 2008 às 18:08
De quando em vez surge alguém que tem o condão de inspirar o que de melhor o ser humano tem. Unido a isso tem a capacidade de redimir uma nação e trazer ao de cima o que de melhor a nação americana tem. Sim, eu acredito e é dever de todos os homens e mulheres de boa vontade, em todo o mundo, aproveitarem o momento e ajudarem a construir um futuro melhor. Queria dar, tb, a minha concordância ao comentário da IM, aproveitando para dar os meus parabéns a essa revista.
De Romina Barreto a 5 de Novembro de 2008 às 18:30
Cá em casa ninguém dormiu esta madrugada, ouvia-se e via-se TV, o meu pai esteve sempre de olhos postos na CNN e na BBC...fiquei a acompanhar pela TV tudo o que se passava do outro lado, foi uma madrugada diferente.

Que bom!

Um abraço!

Romina Barreto
De inês a 5 de Novembro de 2008 às 18:44
Eu também teria votado no Obama. Pelo que diz e pelo que representa. Por causa da esperança, das lufadas de ar fresco, da justiça e da paz. Oxalá possa começar aqui um modo dfiferente de estar na política e no mundo, com e pelas pessoas. Viva o Obama!
De Su a 5 de Novembro de 2008 às 19:37
Também eu estou feliz por Obama ser o novo presidente dos EUA. Julgo que os EUA e o resto do mundo precisavam desta mudança, desta viragem... Acho que se pode novamente dizer "I have a dream...". No entanto, sonhos todos temos, é preciso salientar que milagres ninguém faz...Mas tenho esperança que ao menos se façam algumas mudanças.

Comentar post

.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds