Terça-feira, 2 de Março de 2010
Rita Marçalo, coreógrafa e bailarina que escreve e dá aulas


 

Thom Shaw e Rita Marçalo, 37 anos, coreógrafa, performer, escritora e professora universitária. Nasceu em Aveiro e vive em Inglaterra desde 1994. Fez um doutoramento em coreografia e criou uma companhia de dança, a Instant Dissidence. Para já é tudo o que posso dizer, dado o 'segredo profissional' relativo à substância dos programas que estou a gravar. Ou seja, por questões éticas e deontológicas, não posso nem quero dizer no blog o que verdadeiramente estou a fazer para a RTP. Mas posso ir escrevendo sobre as minhas impressões das viagens e falando sobre os bastidores das filmagens, claro.

 

 

Leeds Life. Esta placa está à porta do pub-restaurante onde estou a escrever este post. O dia hoje foi fantástico e a Rita disse que foi o primeiro dia de sol nos últimos meses. Tem feito imenso frio no norte de Inglaterra e nevou em Leeds na semana passada. Que sorte termos trazido o sol de Lisboa...

 

 

Um dos momentos de filmagens numa das muitas pontes que atravessam o canal em Leeds. Às vezes é preciso filmar e voltar a filmar alguns passos e, aqui, a Rita estava a ensaiar o momento que antecedeu a primeira parte da entrevista que gravámos.

 

 

Enquanto o André e o Paulo gravavam imagens com a Rita, eu entretive-me a fotografar os reflexos no canal. Estas imagens fazem-me sempre lembrar as instalações do artista plástico Richard Wilson, que enche depósitos enormes com óleo queimado criando a ilusão de um espelho que reflecte as realidades que ele quer mostrar. Adoro.

 

 

A propósito de Richard Wilson, o Christian disse-me agora mesmo (enquanto escrevo) que há uma exposição dele muito perto do nosso hotel em Londres. Quero ver se não perco. Vai ser difícil ter tempo livre mas se for possível, vou. Esta ponte foi um dos spots mais giros de Leeds. Mas houve outros muito bons.

 

 

A Rita passa a vida a andar de comboio, dividida entre várias cidades no norte de Inglaterra onde trabalha e dá aulas. Como queríamos recriar o seu habitat natural (digamos assim) apanhámos um comboio para Sheffield, fomos e voltámos logo a seguir. Muito divertido e muito cinematográfico. Adoro este trabalho! Conhecer pessoas marcantes, entrevistá-las e revelá-las no seu melhor é um prazer enorme. 

 

publicado por Laurinda Alves às 18:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010
O dia de fazer as malas para a primeira de muitas viagens

 

O André Cruz, realizador, e o Paulo Segadães, director de fotografia, afinam as câmaras e arrumam o material nas mochilas que vamos levar para Londres no domingo. Estamos a fazer malas e neste derradeiro dia de trabalho há sempre mil e um detalhes a acertar. Parece que não vamos conseguir fazer tudo o que é preciso mas, ao mesmo tempo, temos a certeza de que no fim do dia estará tudo feito.

 

 

Este projecto é um grande desafio e um estímulo permanente. Em Londres vamos filmar e entrevistar 10 portugueses que trabalham em áreas fascinantes e abrangentes: desde a área espacial (uma cientista especializada em Marte!) à área dos espectáculos, passando pela arquitectura, economia e desenvolvimento, mais a assistência social, o leque é muito completo. Vai ser muito bom conhecer pessoalmente tantos portugueses que vivem e trabalham fora do país, deixando no mundo marcas muito impressivas. E impressionantes.

 

publicado por Laurinda Alves às 16:32
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. Rita Marçalo, coreógrafa ...

. O dia de fazer as malas p...

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds