Quarta-feira, 9 de Maio de 2012
Love story: todo o filme num minuto



Gosto muito de boa publicidade, de grandes histórias e grandes aventuras contadas em poucos segundos. Depois de trabalhar com a equipa de cinema da Take it Easy, com quem filmei e produzi toda a série Feitos em Portugal, realizada pelo Marco Espírito Santo, fiquei mais próxima da nata de realizadores, editores e produtores que povoam o espaço da Take, aquela espécie de laboratório de ideias, de onde saem grandes, pequenas e médias produções super criativas. Esta proximidade e esta amizade que ficou entre todos, bem como esta sintonia com a marca de uma produtora com quem me identifico do ponto de vista conceptual e estético, faz com que olhe para a publicidade que sai da Take com outros olhos. Depois do filme espectacular do rapaz voador, filmado na África do Sul, no cimo daqueles rochedos inóspitos e fabulosos, a vodafone encomendou mais uma produção. Ouvi a equipa falar de um cão-actor e soube pelo próprio Miguel Coimbra, o autor e realizador deste e do outro filme, que tinha que ser um 'actor' profissional. Agora que vi a performance do cão-actor e todo o enredo da história, cheia de pormenores e micro-detalhes que revelam a sensibilidade e a originalidade de quem filmou, realizou e editou, dou os parabéns a toda a equipa pela qualidade, pela inspiração, pelo suplemento de ternura, pela surpresa e ... pela contratação do cão improvável. Grande pinta, excelente trabalho! Adoro o cão dentro do autocarro, mais o instante de dúvida que fica no ar quando uma caniche elegante se atravessa no seu caminho, e outros frames tão divertidos como inesperados que fazem a diferença nesta história de amor contada em apenas um minuto. 
publicado por Laurinda Alves às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 22 de Março de 2012
1º episódio: Camilo Rebelo e Helena Cardoso de Menezes
publicado por Laurinda Alves às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 18 de Março de 2012
Link para ver o primeiro programa FEITOS EM PORTUGAL

Obrigada a todos os que escreveram mensagens, comentários, mails e sms, ou me ligaram para dar feedback do primeiro programa. Que bom terem gostado e que bom podermos estar todos tão contentes e gratos por este projecto ter tomado forma. Todos nunca seremos demais para mostrar o melhor dos portugueses e de Portugal. À medida que a série for evoluindo e os protagonistas se forem revelando, vão perceber ainda melhor a qualidade e a diversidade de dons. Estou mesmo muito satisfeita com o resultado final, e acreditem que é acima de tudo pela soma de talentos dos entrevistados, do realizador, do editor e de toda, toda a equipa da Take, mais a equipa da Loudness, que se envolveram nesta série. Aqui fica o link, para verem o programa: http://vimeo.com/38928019

publicado por Laurinda Alves às 10:36
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Quarta-feira, 14 de Março de 2012
A emoção e o suspense das véspera da estreia

 

É impossível negar a emoção e esta espécie de suspense que se vivem nas vésperas de estrear uma nova série de programas de televisão. A emoção vem da concretização de mais um sonho; o suspense decorre do facto de não sabermos qual a reacção do público ao nosso trabalho. Somos sempre muito parciais e talvez até incapazes de ver todos os defeitos daquilo que realizamos e produzimos, mas já vimos e revimos tantas vezes estes programas, para os editar, para os pós-produzir e para os finalizar, que já sabemos de cor todas as suas imperfeições. Mas também conhecemos de coração todos os detalhes que ficaram mais-que-perfeitos. Perdoem-me a imodéstia, mas há mesmo pormenores espectaculares nesta série e posso falar deles porque se devem à qualidade humana e profissional dos entrevistados; à criatividade do realizador Marco Espírito Santo; à combinação da sua sensibilidade com a do João Lança de Morais, o director de fotografia; à arte e rigor do editor João Canadinhas, sempre articulado com o realizador; ao operador de som Pedro Melo, que fez um excelente trabalho, muito profissional, e ainda por cima nos trouxe uma alegria incrível nos tempos de filmagens; e ainda às produtoras Raquel Pereira, Mónica Martins e Alexandra Dias; bem como ao fundador da Take It Easy, Frederico Cerejeiro, também ele realizador de cinema e com o olhar afinado para perceber imediatamente qual a equipa certa para realizar este projecto; à equipa da Loudness, que pós-produziu toda a série; aos músicos que compuseram e tocaram músicas originais para cada entrevistado e por aí adiante, num rol quase interminável de pessoas que se envolvem na produção e realização destes grandes projectos e cujos nomes povoam a longa e fascinante ficha técnica que aparece no fim, tal como acontece no cinema. Graças ao profissionalismo de todos e de cada um, os testemunhos dos meus entrevistados brilham de uma forma incrivelmente luminosa. Estou muito contente e muito grata a toda a equipa e espero sinceramente que o feedback destes programas, que só revelam pessoas e realidades construtivas,  também seja positivo. Veremos.

 

publicado por Laurinda Alves às 01:32
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 21 de Outubro de 2011
Trabalho de campo

 

Continuamos a gravar entrevistas quase todos os dias. Desta vez filmámos com a Marina Petrucci, especialista em estudos de mercado e analista de comportamentos, por assim dizer. A rodagem foi toda feita num jardim de Lisboa, com o sol ainda muito quente. As fotografias de plateau deste dia foram tiradas pelo Pedro Melo, operador de som. Ele e a Mónica Martins estão em falta nas imagens, que pena. Trabalhar com este dream team da Take it Easy é o melhor de dois mundos: equipa hiper profissional e muito divertida. Grande sorte! 

 

 

 

 

publicado por Laurinda Alves às 00:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 27 de Setembro de 2011
Mariana de Castro, Fernando Pessoa e ... Shakespeare

James Ellis, actor irlandês com 45 anos de carreira no teatro e televisão no Reino Unido, que representou vários papéis em peças de Shakespeare (entre eles o Shylock d'O Mercador de Veneza), entrou hoje na Casa Fernando Pessoa quando estávamos a gravar uma entrevista com Mariana Gray de Castro, especialista em Pessoa e grande estudiosa de Shakespeare. Dada a coincidência de Ellis ter vindo a Lisboa de propósito para conhecer a casa de Fernando Pessoa e saber mais sobre a sua vida e obra, acabámos por lhe pedir para gravar parte da conversa que teve com a Mariana de Castro. Este encontro foi uma surpresa feliz e tenho a certeza de que vai ser um plus no programa.

 

 

Trabalhar com esta equipa da Take it Easy tem sido um prazer enorme, e o cúmulo de alegria e cumplicidade que existe entre as 9 pessoas que estão directamente envolvidas nas gravações é um privilégio para todos. Esta espécie de quicksonic friendship que aconteceu logo no primeiro dia de rodagem é um excelente patamar sobre o qual todos improvisamos e crescemos todos os dias.

 

 

O espírito de entreajuda é total e, tão importante como isso, é a abertura com que cada um avança para as filmagens e gravações dia após dia. A certeza de que podemos contar com os talentos uns dos outros e podemos confiar no profissionalismo de cada um dá a todos um enorme descanso. Adoro trabalhar com equipas de pessoas que se complementam e acreditam nos projectos em que se envolvem. É o caso.

 

  

Tal como aconteceu ao longo das gravações da série Portugueses Sem Fronteiras e por uma questão de ética profissional (e embargo de conteúdos até os programas serem transmitidos pela RTP), vou publicando aqui algumas imagens dos bastidores das filmagens sem dizer grande coisa sobre o conteúdo das entrevistas nem revelar muito do perfil dos convidados. Faz parte das regras do jogo e esta partilha acaba por funcionar como teaser para uma série que só vai estrear a partir de Fevereiro. 

publicado por Laurinda Alves às 22:30
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Setembro de 2011
A caminho do Porto, para as conferências de Souto Moura

 

Alguns dos melhores arquitectos do mundo vieram ao Porto celebrar com Eduardo Souto de Moura os seus 30 anos de carreira. No ciclo de conferências que está a decorrer na Casa da Música também participam fotógrafos e artistas plásticos de referência. Vou a caminho do Porto com a equipa Take it Easy para gravarmos entrevistas e imagens. Que sorte a nossa! Volto mais tarde, para dar notícias e publicar fotografias destes encontros especiais.

 

 

O dia de conferências na Casa da Música foi uma festa e uma oportunidade de multiplicar os encontros. Gravei 3 entrevistas, uma com Eduardo Souto de Moura, outra com Gabriele Basilico, um dos grandes fotógrafos da actualidade (na foto em baixo, com o gesto típico dos italianos, que tanto falam com as mãos) e outra ainda com o já lendário arquitecto espanhol Francisco Mangado (na última foto). Tal como escrevi de manhã e tal como se anunciava, este dia foi verdadeiramente prodigioso. O Camilo Rebelo e toda a equipa que organizou este ciclo de conferências, mais o Nuno Azevedo e a sua equipa da Casa da Música estão de parabéns. Casa cheia, a transbordar, de gente de todo o mundo ligada às artes e à arquitectura contemporânea. Muito bom.

 

 

publicado por Laurinda Alves às 07:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 12 de Setembro de 2011
Todos diferentes, mas todos espectaculares!

 

Hoje filmámos no Centro Diferenças, onde gravei primeiro uma breve entrevista com Miguel Palha, pediatra e especialista em Trissomia 21, e depois com Susana Martins, terapeuta que trabalha com as crianças e suas famílias. Todos diferentes, mas todos espectaculares! é muito mais do que um conceito ou um slogan. No Diferenças é a mais pura das verdades. 

 

 

Miguel Palha e a sua equipa fundaram este espaço de acolhimento e terapias para crianças e jovens com vários tipos de déficits cognitivos ou perturbações do desenvolvimento e graças ao apoio de vários mecenas (como a Jerónimo Martins e não só), criaram a única consulta de especialidade em Trissomia 21 da Península Ibérica e uma das poucas que existem na Europa. Conhecer este espaço e os especialistas enche-nos de gratidão e orgulho.

 

 

 

Para além das consultas e terapias, o espaço Diferenças pretende promover o diálogo entre especialistas e sociedade civil, médicos e famílias, de forma a criar uma nova consciência sobre algumas realidades. Este poster é muito eloquente da dificuldade que muitos têm em lidar com as pessoas diferentes e da necessidade que sentem em catalogar as pessoas a partir das suas doenças. 

 

 

Conheço muito bem o trabalho de toda esta equipa e comove-me sempre entrar no Centro Diferenças. Tudo ali é uma combinação de rigor clínico com alegria e cor. O espírito positivo e a abertura à novidade marcam todos os que por aqui passam. A evolução de cada criança e jovem é seguida com extrema atenção e a aposta de todos os especialistas é potenciar o seu desenvolvimento cognitivo e físico.  

 

 

 

Susana Martins explicou-me o 'efeitod' que consiste em criar objectos cujas funções são universalmente entendidas, mas com a diferença de ... serem diferentes. As xícaras de café, por exemplo, têm asas estranhas mas servem para tomar café; o relógio dá horas vagas, mas não deixa de cumprir a sua função de indicar o tempo e por aí adiante...

 

 

Falámos sobre estes e outros objectos criados para lutar contra o estigma social e para promover a valorização da diferença. Não posso acrescentar muito mais por agora, mas posso dizer que adoro entrevistar portugueses de talento que dão o seu melhor para que este país (e este mundo!) seja um lugar possível. E melhor.

 

 

Pedro Bidarra, director criativo da agência de publicidade BBDO, criou o conceito 'efeitod' e, por isso, também gravei uma entrevista com ele. Muito interessante a maneira como tudo aconteceu e como cada um convocou os talentos próprios para multiplicar os talentos dos outros.

 

publicado por Laurinda Alves às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011
O 1º dia de filmagens e o meu 1º voo de acrobacia aérea

 

Uma claquete para marcar a gravação dos takes e uma ventoinha, eis dois objectos essenciais para as filmagens num dia de 35º à sombra, passado na torreira do aeródromo de Santarém, onde não corria uma brisa.

 

 

 

Diana Gomes da Silva, a única mulher piloto de acrobacia aérea da Península Ibérica, foi a primeira entrevistada da minha nova série de programas sobre portugueses com talentos excepcionais. Muito original, esta miúda. Tem 27 anos e uma atitude radicalmente inspiradora.

 

 

Marco Espírito Santo é o realizador da nova série que estou a gravar com a Take it Easy. Ontem começámos em grande e toda a equipa esteve presente nos bastidores do plateau a dar força. Muito bom.

 

 

 

João Lança de Morais, mais conhecido no meio cinematográfico e audiovisual por Janeko, é o director de fotografia dos programas. Aqui está em plena performance, a filmar a Diana no momento em que ela ensaia um bailado único, em que o corpo, os braços e as pernas desenham todos os movimentos de acrobacia que vai fazer no ar com o seu avião. Nunca tinha visto e nem sabia que havia este ensaio de chão, esta dança absolutamente magnífica e incrivelmente precisa.

 

 

João Aires, de costas, piloto e marido da Diana, mostra o avião e ensina alguns procedimentos ao Pedro Melo, operador de som que vai fazer toda a série de programas. A escolha do Pedro Melo, um dos melhores técnicos-especialistas em captação de som vai permitir que esta série e todas as entrevistas tenham um som cuidado do princípio ao fim. Que bom e que alívio!

 

 

 

O entusiasmo da Diana é tão contagiante que apetece falar com ela horas a fio e ficar a ouvir tudo o que conta sobre esta sua paixão pela acrobacia aérea. O mundo dela é fascinante e a maneira como conta com detalhe, alegria e espírito positivo tudo o que lhe acontece (do melhor ao pior, note-se!) dá que pensar. Por ser como é e fazer o que faz, da maneira como o faz, leva-nos a acreditar que todos podemos sonhar alto e transcender os nossos limites.

 

 

Adoro voar e claro que não resisti a ir com ela num dos seus voos de treino, cheio de loopings, voos invertidos, 'facas' e outras acrobacias fabulosas. Foi o meu baptismo de voo nesta modalidade e adorei. Voar na vertical, às 'cambalhotas ou de cabeça para baixo, a ver o mundo ao contrário e ter a Terra onde habitualmente está o céu é uma vertigem incrível e uma adrenalina brutal. Mesmo muito bom. Grande pinta termos começado a gravar esta série a voar alto... 

 

 

publicado por Laurinda Alves às 09:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 29 de Agosto de 2011
Movimento Sim, uma campanha que vale a pena ver

Samsung 'Movimento Sim' from Marco Espirito Santo on Vimeo.

 

Gosto imenso desta campanha da Samsung, feita para o site e para estar apenas online. Gosto da 'atitude sim', aplicada às ideias e iniciativas em geral. Confiança gera confiança e, nesta lógica, dizer 'sim' é revelar abertura à mudança e acreditar que somos capazes de ir sempre mais longe. À escala nacional este movimento actualiza o yes, we can! americano, de Obama. O realizador desta campanha foi o Marco Espírito Santo, com quem começo a trabalhar agora na série de programas com portugueses em Portugal. O Marco escreve o script de muitas das campanhas de publicidade que filma e essa sua veia de argumentista faz dele um realizador mais completo. Estou muito contente por estar a trabalhar na produtora Take it Easy e estarmos a formar mais uma equipa cinco estrelas. 

publicado por Laurinda Alves às 11:55
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

Error running style: Died in S2::run_code running RecentPage::print(): panic: Infinite recursion in SWASHNEW for 'ToUpper'