Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010
Muitos políticos suecos passam a sua roupa a ferro

 

Vale a pena ver as duas reportagens de vídeo cujo link a Raquel Martins acaba de deixar num comentário aqui no blog. Trata-se de um trabalho feito por repórteres brasileiros na Suécia, que mostram o nível de transparência do Parlamento sueco (qualquer cidadão tem acesso ao extracto bancário dos políticos que elegeram e os representam, por exemplo) e revelam como vivem os deputados e até o Primeiro-Ministro sueco. Sem mordomias, em pequenos apartamentos funcionais onde alguns nem sequer têm cozinhas individuais. O sistema sueco dá que pensar, especialmente nos dias que correm e perante as nebulosas que existem em volta dos rendimentos de certos políticos...

Aqui fica o link: http://www.sabado.pt/Multimedia/Videos/Mundo/Suecia--Deputados-vivem-em-T0-e-nao-tem-empreg-(1).aspx

publicado por Laurinda Alves às 16:20
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008
Hoje é um dia radicalmente importante

 

De repente a minha sala converteu-se num estúdio de TV

improvisado para gravarmos um pequeno vídeo que serve

como backup para o caso de o directo não funcionar. Cada

um na sua função, todos sentimos que hoje é um dia muito

importante para cada um e radicalmente marcante para mim.

 

 

Hoje inauguro uma nova fase na minha vida e dou um passo

que nunca quis dar por achar que não fazia sentido. Fizeram-

-e um desafio e eu comecei por recusar. Depois insistiram e

eu aceitei ponderar. E na minha ponderação percebi que era

o tempo de me comprometer, de me implicar e arriscar. E é

isso que vou anunciar daqui a pouco, às 18h, aqui neste site.

  

 

Para já não posso nem quero desfazer a surpresa. Muitos

acharão muita coisa muito variada sobre este meu passo

mas mesmo antes de o anunciar publicamente em directo

via online, quero dizer que estou tranquila com a decisão e

contente por ter conseguido arriscar expor-me pois sou de

causas e luto por ideais e, para mim, as verdadeiras causas

fracturantes são a inclusão dos mais fracos e vulneráveis e

a aposta em não deixar ninguém para trás. E já não posso

dizer mais nada. Só que estou cheia de dores de barriga ... 

mas consciente do desafio e cheia de vontade de o vencer!

 

publicado por Laurinda Alves às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. Muitos políticos suecos p...

. Hoje é um dia radicalment...

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds