Segunda-feira, 11 de Março de 2013
50 MIL EUROS PARA PREMIAR IDEIAS DE PORTUGUESES

 

QUEM QUER CONCORRER AO FAZ: IDEIAS DE ORIGEM PORTUGUESA? Estão abertas as candidaturas para a edição deste ano do concurso FAZ - IOP (Ideias de Origem Portuguesa). Na fotografia vemos José Paixão e a sua equipa de estudantes de arquitectura, autores do projecto Arrebita! Porto, que venceu a edição passada. Todos eles e mais uma legião de arquitectos, designers e estudantes estão a recuperar edifícios degradados no centro histórico do Porto a custo zero. O FAZ distingue as melhores iniciativas de portugueses que vivem no estrangeiro e têm ideias para melhorar Portugal. Na edição deste ano a Gulbenkian formalizou uma parceria com a COTEC, que também tem um prémio dirigido à diáspora. Esta parceria agrega as duas iniciativas no FAZ. O prémio da COTEC reconhece quem já faz, o IOP incentiva a fazer. Ambos partem da certeza de que a diáspora é um activo do nosso país com o qual importa contar, aproximando e valorizando a sua participação na vida portuguesa. A iniciativa tem o site específicowww.faz.com.pt e o concurso mantém o site www.ideiasdeorigemportuguesa.org 
O primeiro prémio tem o valor de 50 mil euros.

publicado por Laurinda Alves às 17:01
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Abril de 2012
Ciclo de workshops da Acredita Portugal

 

Sou voluntária e embaixadora da Acredita Portugal e, por isso, estou muito próxima desta Associação. A Acredita Portugal tem sido uma verdadeira força de ignição para iniciativas empreendedoras e impressiona-me a quantidade de pessoas e projectos que já ajudou a realizar. Desta vez retomo o fio da conversa sobre a Acredita Portugal por causa dos 4 workshops que está a promover, para passar palavra a quem estiver interessado. Falo do ensino e treino de Técnicas de Venda e Negociação (28 de Abril); de aprender a desenhar um plano de Negócios (21 de Abril); de como proteger as ideias (12 Maio, online) e de Motivação e Liderança, para perceber como é possível ser o novo Special One (26 Maio). Tudo isto e muito mais está bem explicado no site da Acredita. Vale a pena investigar e ficarmos atentos, porque esta equipa da Acredita Portugal não brinca em serviço e faz tudo muito bem feito, do princípio ao fim. 

 

 

publicado por Laurinda Alves às 09:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 9 de Março de 2012
Realizar o meu projecto

Neste tempo 'entre projectos', em que a série de programas Feitos em Portugal está praticamente toda entregue à RTP2 e estreia no próximo dia 17, às 19:30; em que o livro Entre Gerações já foi lançado pela Fundação Calouste Gulbenkian; em que os workshops de Comunicação na Universidade Católica estão a correr bem e os cursos de Comunicação em escolas e empresas voltam a ser a minha realidade profissional, gosto de ir buscar mais ferramentas para os meus novos projectos, para as iniciativas que se seguem no futuro próximo. E é nestas alturas que isto se torna possível, pois no auge das entrevistas, filmagens e edição dos programas é impossível acumular outras actividades. Aproveitei a oportunidade que surgiu com o Programa Realizar o Meu Sonho e começo já hoje a primeira sessão de coaching. Apetece-me imenso ouvir os ensinamentos dos orientadores, conferir e validar com eles as minhas ideias, mas também aprender com os meus pares, com o grupo de empreendedores que vão estar presentes nas sessões deste programa. Diria que este curso de formação é a coisa certa no tempo certo. Uma sorte, portanto. 

publicado por Laurinda Alves às 00:18
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012
As surpresas do dia... e os projectos com futuro!

Que gira a vida e as surpresas de cada dia... Esta manhã estive fora do escritório do Príncipe Real, mas tinha que lá passar à hora do almoço, a caminho de uma sessão de esclarecimento sobre cursos de empreendedorismo orientados por três pessoas altamente qualificadas, e foi precisamente à hora a que passei no jardim que a equipa da Take It Easy, a produtora onde trabalhei nos últimos seis meses, começou as filmagens de uma nova campanha de publicidade. Os abraços multiplicaram-se, claro.

 

Gosto imenso de ver equipas de cinema em filmagens de rua e, por mim, podia ficar por ali algum tempo só a observar a cena, os cenários e aquele circo instantâneo que se monta no backstage. O realizador desta campanha é o Miguel Coimbra, que realizou a campanha da Vodafone 4G, com o rapaz voador a atirar-se do alto dos rochedos de Cape Town, e é o que aparece de costas na fotografia, com a câmara ao ombro sustentada pelo steadicam, que é um colete que se veste e tem uma espécie de braço de ferro que permite filmar com maior estabilidade.

 

O encontro no Príncipe Real foi breve, porque a equipa estava toda preparada para filmar e a partir do momento em que a acção começa, já não é possível estar no perímetro, para não perturbar os ensaios e filmagens, nem distrair ninguém. Fui para a sessão sobre empreendedorismo, orientada pela Joana Domingues, o Frederico Macedo Santos e o Dimitri Dagot. São eles os três professores universitários, consultores e especialistas altamente qualificados para ajudar a realizar projectos e não é por acaso que esta sessão de esclarecimento se destinava a dar a conhecer o programa Realizar o Meu Projecto. Vale a pena ir ao site e perceber do que se trata. Eu inscrevi-me já no próximo curso, porque estou em fase de business plan e de montagem de novos projectos, e interessa-me muitíssimo validar algumas questões com estes três orientadores, bem como aproveitar a partilha de iniciativas com o resto das pessoas que vão frequentar o curso. Fiz o ISEP em Fontainebleau, no INSEAD, e pertenço a duas redes de empreendedores sociais (para além de passar a vida em contacto com gente inovadora que arrisca e aposta, e de adorar entrevistar pessoas por estas mesmas razões) e sei bem dar o valor a estes cursos e a estes formadores experientes, consultores com carreira internacional, que são referências incontornáveis nesta área.

No fim da tarde, a caminho de casa, recebi alguns telefonemas por causa do livro Entre Gerações, que fiz com a Gulbenkian, e vai ser lançado já amanhã à tarde (num timing mais-que-perfeito, uma vez que se inaugurou hoje oficialmente o Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade Entre Gerações), e ficaram combinadas várias entrevistas sobre o tema. A primeira e mais imediata é amanhã na TVI 24, em directo, logo às 10h da manhã, a propósito da revista de imprensa e das notícias do dia, e as outras serão gravadas ao longo do dia. Que bom este interesse nestas matérias, pois como já aqui escrevi, todos nunca seremos demais para nos juntarmos por esta causa, e enquanto houver pessoas mais velhas a morar e a morrer sozinhas em casa, não podemos ficar indiferentes. Na subida das Escadinhas do Santo Espírito, aqui no Chiado, dei com esta seta colada na parede e não resisti a tirar uma polaroid.

 

 

A felicidade hoje, para mim, foi receber em Lisboa dois amigos queridos que vieram de Braga de propósito para me acompanharem no lançamento do livro Entre Gerações. Se for verdade que cada um tem os amigos que merece, eu gostava de estar à altura de merecer os meus! 

 

publicado por Laurinda Alves às 19:13
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 12 de Julho de 2011
Cursos de Verão para quem quer ser empreendedor social

 

Estão abertas as inscrições para o curso de Verão para empreendedores sociais, o chamado Bootcamp, organizado pelo IES - Instituto de Empreendedorismo Social. Estes Bootcamps são articulados e patrocinados pelo INSEAD, uma das melhores Business School do mundo. Como muitos sabem, fiz o curso ISEP no INSEAD, em Fontainebleau (neste campus da fotografia) e aprendi muitíssimo. Deixo aqui o link para o IES, para quem quiser saber mais sobre estes cursos ou quiser inscrever-se. Posso garantir que é uma oportunidade que vale a pena!

publicado por Laurinda Alves às 12:05
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Março de 2011
A Acredita Portugal realiza sonhos empreendedores

 

Hoje uso uma das imagens que tenho no header do blog para falar de sonhos e da sua concretização. Um arco-íris desenhado no céu no fim da tarde com uma luz quase irreal a iluminar o mundo parece-me uma boa metáfora para o tema. A Associação Acredita Portugal, da qual sou embaixadora (passe a solenidade de uma designação que, na prática, se traduz por fazer pontes e construir relações em rede), está neste momento a receber candidaturas para o Concurso Realize o Seu Sonho. Se tem um projecto no qual acredita e que gostava de realizar, participe no concurso pois é muito fácil e há prémios até 60.000€. Basta ir a www.sonho.org e perder 30 segundos a enviar a candidatura. Concurso Realize o Seu Sonho é uma iniciativa que desafia os Portugueses a transformarem os seus sonhos ou ideias num conceito de negócio, independentemente da sua formação académica ou idade. Na 1ª Edição o júri contou com os profs Marcelo Rebelo de Sousa, António Gomes Mota e Tomaz Morais, entre outros. Eu estive na entrega dos prémios e na apresentação dos 10 finalistas e confesso que foi uma experiência marcante ver tanta gente com tão boas ideias.

 

Mais informações em: www.acreditaportugal.pt ou realizeoseusonho@acreditaportugal.pt

publicado por Laurinda Alves às 09:37
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 10 de Março de 2011
O INSEAD em Portugal

 

Quem me acompanha no blog sabe que fiz um curso de empreendedorismo social no INSEAD, em Fontainebleau. O INSEAD é uma das melhores Business School do mundo e é um privilégio sem tamanho poder aprender nesta universidade. Na altura em que frequentei o ISEP publiquei posts diários no blog e escrevi várias crónicas no jornal i, onde também era cronista diária. Agora volto ao assunto por uma boa notícia: o IES - Instituto de Empreendedorismo Social, vai trazer alguns cursos do INSEAD para Portugal, nomeadamente o ISEP que eu frequentei, abrindo assim a possibilidade de mais portugueses poderem validar os seus projectos. Acreditem que é uma grande notícia e uma grande escola! O que o IES, a Fundação EDP e a Câmara Municipal de Cascais estão a promover é a formação e capacitação de empreendedores e iniciativas de Empreendedorismo Social para alavancar soluções que resolvam problemas sociais e ambientais de forma inovadora e sustentável. A relação de parceria entre o IES e o INSEAD foi, desde o início, um dos pilares da estratégia para produzir e promover conhecimento de excelência em Empreendedorismo Social, em Português e com base nas realidades da CPLP. Neste ano de 2011 começam já os primeiros cursos e os programas de Formação IES Powered by INSEAD têm como objectivo potenciar as competências do INSEAD na educação e formação em gestão, para desenvolver e fornecer a melhor formação executiva em português. Estes programas vão estimular o desenvolvimento de projectos, através dos Boot Camps, e um fortalecimento da confiança, competências e efeito de rede de empreendedores com iniciativas já implementadas, com o ISEP. Quem se interessar por estas matérias ainda está a tempo de se inscrever para assistir ao congresso da próxima terça-feira, dia 15, em Cascais. Vou lá estar, a participar nos debates da tarde. Mais informações:

www.ies.org.pt", "mailto:info@ies.org.pt" ou info@ies.org.pt

 

publicado por Laurinda Alves às 19:08
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010
Tudo pelo bem comum

 

Esta noite adormeço contente por ser a véspera do lançamento do FUNDO BEM COMUM, um fundo a ser gerido por uma sociedade de capital de risco e que visa promover e apoiar projectos empresariais de desempregados ou pré reformados com mais de 40 anos. "Trata-se de um projecto promovido pela ACEGE, estruturado pela Mckinsey e que se tornou possível graças ao apoio do Banco Espirito Santo, do Grupo José de Mello, da Caixa Geral de Depósitos, do Grupo Santander e do Montepio Geral".

 

António Pinto Leite, da ACEGE, (d)escreve melhor que eu o espírito deste FUNDO BEM COMUM, que acho uma iniciativa notável e vai permitir a muitas pessoas começar a ver luz ao fundo deste túnel longo e sombrio da crise financeira nacional e mundial.

 

"Não aceitamos que o desencanto e a solidão se apoderem de quantos estão a ser atingidos pela crise. Recusamos que tanta gente com tanto para dar ao nosso país seja desaproveitada e esquecida. Desafiamos quantos caíram no desemprego a reagir. Pretendemos que, com o nosso apoio, recusem pôr um ponto final na sua vida profissional e empresarial.

O sucesso deste projecto passa pelo amor ao próximo que o inspira, pela solidariedade empresarial que o torna possível, pelo profissionalismo da equipa que o vai gerir e pelo envolvimento de cada um de nós, motivando a adesão daqueles que estão em maiores dificuldades e disponibilizando-se para colaborar no acompanhamento dos novos projectos de investimento."

 

Vou passar a manhã na sede da CGD a ouvir o painel de oradores que se junta para lançar e divulgar este FUNDO BEM COMUM. Filipe Santos, que foi meu professor em Fontainebleau é o coordenador do departamento de Empreendedorismo Social do INSEAD que é, como se sabe, uma school business e uma das melhores universidades do mundo. Vai ser uma manhã em cheio e sabe-me bem fazer uma pausa nesta saga das mudanças.

publicado por Laurinda Alves às 00:04
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Domingo, 25 de Abril de 2010
Driving You

 

Conheço o João Sabido há quase 18 anos e sempre o vi ter ideias e iniciativas originais. Quando era pequeno já tinha uma inclinação notável para a engenharia e todos pasmavam com a sua capacidade para desmontar aparelhos e voltar a montá-los sem sobrarem peças. Lembro-me de ter chegado a abrir um iPod para perceber a mecânica da coisa, e depois ter voltado a colocar todas as peças no seu devido lugar. Hoje em diz estuda Engenharia, claro. E continua cheio de ideias e iniciativas. A última, que me parece digna de nota, chama-se Driving You e é uma empresa que transporta clientes porta a porta em todas e quaiquer ocasiões. Os serviços incluem casamentos, festas e encontros sociais onde as pessoas se querem divertir, beber e estar descontraídas sem terem que se preocupar com o regresso a casa. O João Sabido reuniu um grupo de amigos com carta (mas acima de tudo com garantias de boa condução) e já tem uma carteira de clientes muito razoável.

 

 

Os drivers da Driving You usam fato e gravata, apresentam-se impecavelmente munidos de seguros, são pontuais e conduzem com muita calma e segurança. Embora a vida seja um risco, vale a pena arriscar neste tipo de empreendedorismo quando sabemos à partida que os condutores envolvidos oferecem garantias de segurança e conforto. Digo isto porque conheço a condução de grande parte deles, a começar pelo próprio João Sabido e a acabar no meu filho, que também faz parte do rol.

 

 

Escrevo este post entre Lisboa e Amsterdão, por achar que a iniciativa destes rapazes merece ser divulgada, uma vez que já estão há algum tempo no terreno e têm tido boas experiências. O próximo transporte que têm reservado é para um casamento no Ribatejo e como se trata de um grupo, eles conduzem uma pequena van. Embora eu seja radicalmente parcial por conhecer quase todos os condutores, e um deles ser o meu próprio filho, assumo essa parcialidade num espaço que é meu e onde me dou ao luxo de falar daquilo que acho que deve ser sublinhado. Neste caso, o que quero pôr em evidência é este lado empreendedor de um grupo de jovens estudantes que aposta na segurança dos que saem à noite. E não só. Prefiro vê-los cheios de cuidados na estrada porque criaram esta empresa, do que sabê-los a guiar sem consciência dos riscos. Ou seja, pelo facto de transportarem outras pessoas são obrigados a ser extraordinariamente cautelosos com eles próprios, e naturalmente reforçam a atitude de vigilância na estrada. O contacto do João Sabido é o 916100178, just in case. O blog: drivingyouportugal.blogspot.com

 

P.S.: Apaguei o post anterior e os respectivos comentários, que agradeço de todo o coração, por se tratar de uma partilha profunda de um momento que não quero que fique registado para sempre no blog. Certas coisas são para ser ditas uma vez e não vale a pena repeti-las. Foi o caso. Obrigada a todos os que partilharam de volta.

publicado por Laurinda Alves às 18:36
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. 50 MIL EUROS PARA PREMIAR...

. Ciclo de workshops da Acr...

. Realizar o meu projecto

. As surpresas do dia... e ...

. Cursos de Verão para quem...

. A Acredita Portugal reali...

. O INSEAD em Portugal

. Tudo pelo bem comum

. Driving You

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds