Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011
Joana & Joana: a dupla que ganhou o Prémio Sousa Franco

A Joana Amaral Cabouco Rodrigues e a Joana Morais e Castro Martins dos Santos foram as duas vencedoras do Prémio Europeu Professor António de Sousa Franco 2011, prémio que distingue os melhores trabalhos nas categorias de Investigação e Formação, na área do Direito da União Europeia, no sentido de contribuirem para o aprofundamento da cidadania europeia. Estive na cerimónia pública de entrega dos prémios e confesso o meu orgulho por ser amiga da Joana Morais e Castro (à direita na fotografia). A Joana Rodrigues ganhou na categoria "Investigação" com o trabalho "Um Ministério Público Europeu: algures entre o optimismo e a resistência? Da protecção dos interesses financeiros comunitários às possibilidades de desenho do novo órgão." A Joana Morais e Castro ganhou na categoria "Formação" com o trabalho "Democracia e Interculturalidade - Participação Pública dos Imigrantes - Do Outro até ao Nós". Grande pinta, estas duas Joanas. Muitos parabéns, mais uma vez!

 

publicado por Laurinda Alves às 13:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010
Paisagem em movimento

 

Para mim, esta semana começa em Esposende e no Porto, mas volto a Lisboa amanhã. Em Esposende vou participar num debate sobre Pena de Morte e Direitos Humanos. Depois dou notícias.

publicado por Laurinda Alves às 00:48
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010
Filme deste dia de greve

publicado por Laurinda Alves às 17:20
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010
Cuidados Paliativos para todos, sempre!

 

Esta imagem não tem nada a ver com o assunto? Não, mas não faz mal. A mim fascina-me este céu e toda esta luz que se podem descobrir dentro de uma pedra. Uma pedra que se não tiver sido polida, trabalhada, aberta e esculpida com paixão, cuidados e atenção, pode ser apenas mais um pedregulho que passa despercebido aos nossos olhos. No hospital, à cabeceira de doentes crónicos ou terminais, tenho descoberto muita luz, muita beleza e muito 'céu' em pessoas frágeis e nem sempre bonitas, no sentido mais convencional do termo (nunca estamos no auge da nossa forma nem da nossa beleza física quando estamos doentes ou em sofrimento e é por isso que falo dessa beleza exterior). As pessoas revelam a sua beleza interior quando são amadas e cuidadas e os doentes não são excepção. Se trago este assunto à conversa é porque cresce no Facebook ( e não só!) um movimento de cidadãos que apostam em reivindicar mais e melhores cuidados paliativos para todos, sempre! Deixo aqui o link, para o caso de quererem juntar a voz às vozes dos que vivem com a consciência desta urgência: http://www.causes.com/causes/536957-pelos-cuidados-paliativos-em-portugal

P.S.: Esta imagem é um retrato de uma escultura de Chillida, que eu adoro.

publicado por Laurinda Alves às 13:07
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. Joana & Joana: a dupla qu...

. Paisagem em movimento

. Filme deste dia de greve

. Cuidados Paliativos para ...

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds