Terça-feira, 5 de Outubro de 2010
O bosque das esculturas de Eduardo Chillida

 

Voltei à Fundação Chillida-Leku, um dos museus mais bonitos que conheço. Chillida, o escultor basco que morreu há poucos anos, recuperou uma casa provençal no meio de um bosque perto de San Sebastian (a casa vê-se ao fundo nesta primeira fotografia) e criou ali a sua própria Fundação. Em volta da casa, nos extensos relvados e no meio das árvores, há dezenas de esculturas de ferro e de pedra de Chilllida. Sou fã da sua arte (das esculturas e desenhos, mas também dos seus escritos e todo o seu legado filosófico) e não me canso de admirar as suas obras. Deixo aqui uma sucessão de imagens mais ou menos avulsas para apreciarem o bosque e as esculturas de Chillida. Este fim-de-semana foi, para mim, um luxo artístico-intelectual. E não só.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Laurinda Alves às 23:37
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. O bosque das esculturas d...

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds