Quinta-feira, 23 de Maio de 2013
MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER OS SEUS FILHOS CRESCER

 

EM NOME DAS MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER OS SEUS FILHOS CRESCER. E das mulheres que nunca chegam a ser mães e muito menos avós, publico estas linhas para corresponder ao pedido de uma amiga que me escreveu depois de perder uma das suas melhores amigas, com 26 anos, com cancro no colo do útero. Deixo aqui o seu apelo:

"queria pedir-lhe ajuda na divulgação da prevenção do cancro do colo do útero. Ao contrário da grande maioria dos cancros, este não surge devido a questões hereditárias ou a predisposições genéticas. Surge unicamente devido à infecção por HPV, que pode ser prevenida (através da vacina) ou tratada sem grandes consequências, se detectada precocemente. Tal como a minha amiga B, imagino que existam muitas jovens e mulheres que não visitem o ginecologista anualmente nem saibam as consequências que isso pode ter na sua vida. No entanto, essa é a única forma de detectar a presença de infecção por HPV. A transformação de células infectadas por HPV em células neoplásicas demora cerca de 8 a 10 anos, mas não dá qualquer sintoma. Quando existem sintomas, infelizmente, já é tarde de mais...

Gostava que o exemplo da B, que partiu quando tinha a vida toda pela frente, fosse um alerta para outras mulheres, para que a sua luta não tenha sido em vão e, acima de tudo, para que esta história não se repita, pois este é o segundo cancro com maior taxa de mortalidade em mulheres jovens. Mortalidade esta que pode ser evitada quando o diagnóstico é feito precocemente".

Agradeço à Filipa a partilha e o alerta. E também agradeço à Mariana Sabido (www.mae360.com) deixar-me usar mais uma das suas fotografias-maravilha para ilustrar um post que parece que não tem nada a ver com a ficção deste mundo de imaginação e fantasia em que vivem as crianças, mas tem tudo a ver pois muitas mulheres ficam privadas de assistir a estes filmes dos filhos e sobrinhos por partirem cedo demais.

publicado por Laurinda Alves às 22:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito (1)
Quinta-feira, 18 de Abril de 2013
VALE DE JUDEUS, 10 ANOS DEPOIS

 

Vou com alguma frequência a prisões e conheço pelo menos 15 dos 49 estabelecimentos prisionais nacionais. Hoje voltei a Vale de Judeus por uma razão literária, digamos assim. Tratava-se de entregar os prémios de um Concurso de Escrita Criativa aos reclusos vencedores. Concorreram presos de 28 cadeias e a qualidade dos seus escritos obrigou o júri a entregar várias Menções Honrosas e de Destaque. O tema era "Entre Gerações", ainda a celebrar o Ano Europeu da Solidariedade Intergeracional, e o 1º prémio coube a Franklin Lobo, cidadão recluso em Vale de Judeus. Por ele, mas também por um dos segundos prémios (igualmente residente em VJ), a cerimónia decorreu neste EP. Em videoconferência estiveram vários outros EPs e muitos reclusos, e a manhã solene foi um momento daqueles que ninguém esquece. Nem eles, nem nós. 


Todos os testemunhos e todos os escritos foram um 'murro no estômago' e a profundidade a que alguns dos autores conseguiram chegar foi muito interpeladora. A directora do EP de Beja contou aquela história do avô que diz ao neto que no seu coração "vive um lobo bom e um lobo mau" e lembrou-nos o fim da história, quando o neto pergunta ao avô:


- e qual deles é que vai ganhar?


- aquele que eu alimentar!


Voltamos de Vale de Judeus em silêncio, meio atordoados pelas frases que ficaram a fazer eco esta manhã e têm a ver com as noções de culpa e arrependimento, com a possibilidade de recomeçar ali qualquer coisa e, ainda, com a vontade assumida em alto por um recluso que citou Salvador Dali quando declarou:


- foi na prisão que decidi começar a ser livre.



publicado por Laurinda Alves às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 11 de Abril de 2013
Cuidados Paliativos: a Lídia, o Oscar e a Senhora Cor de Rosa

 

 

LÍDIA FRANCO NO SEU MELHOR, NO MONÓLOGO "OSCAR E A SENHORA COR DE ROSA", DE ERIC EMMANUEL-SCHMITT. Impressionante a força dos personagens que a Lídia Franco recria na pele de um miúdo de 10 anos, que está doente com um cancro, e de uma voluntária de cabeceira cuja idade tem "mais de 13 algarismos" como ela própria diz. Fui assistir à peça de teatro esta tarde nos Passos Perdidos da Assembleia da República onde se improvisou um palco e uma plateia para celebrar o Dia Mundial da Saúde e chamar a atenção para os Cuidados Paliativos e a humanização dos cuidados médicos. Graças à iniciativa da Isabel Galriça Neto e de uma equipa inspirada e inspiradora, esta tarde houve Teatro na AR para uma plateia de muitas cores políticas. Muito bom.

publicado por Laurinda Alves às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 8 de Abril de 2013
Vamos esgotar o Teatro Camões por uma boa causa!

 

BOAS RAZÕES PARA ESGOTARMOS O TEATRO CAMÕES: as receitas de toda a plateia do Ensaio Solidário da CNB de dia 24 de Abril revertem directamente para os Leigos para o Desenvolvimento. Os bilhetes para o ensaio de DANCE BAILARINA DANCE, pela Companhia Nacional de Bailado, custam 15 Euros e devem ser reservados pelo 21 757 42 78 ou através do e-mail: ldconchatello@gmail.com também até dia 19 de Abril. Sou embaixadora dos Leigos para o Desenvolvimento (ler: voluntária para fazer pontes e dar a conhecer o extraordinário trabalho desta ONG) e gostava de sublinhar que cada euro investido no apoio aos Leigos é uma aposta segura numa das causas mais sólidas e solidárias que conheço. Sólida, pelos mais de 25 anos de missões em África e Timor; solidária, porque os Leigos promovem efectivamente o desenvolvimento de acordo com a grande máxima: "mais do que dar o peixe, ensina a pescar". Os Leigos ensinam a pescar, mas também a construir as canas de pesca...

 

publicado por Laurinda Alves às 15:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013
O silêncio também mata e eu não quero ser cúmplice!


Pediram-me para ser 'embaixadora' desta campanha, mas não era preciso pedir porque bastava saber que existe para ser mais uma voz e mais uma 'passa-palavra'. Aqui fica este vídeo, com o pedido expresso de passarem a mais pessoas, de forma a que as vozes dos que sofrem se ouçam e não passem despercebidas. ESTA CAMPANHA NÃO PRETENDE ANGARIAR FUNDOS, MAS APENAS DESPERTAR A CONSCIÊNCIA. Obrigada à Cruz Vermelha Internacional e à ECHO por todo o trabalho humanitário e também por nos lembrarem que 91% dos desastres são silenciosos. Ou antes: silenciados!
publicado por Laurinda Alves às 01:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 2 de Agosto de 2012
SE BEBERES NÃO CONDUZAS !

 

 

FAZ HOJE 14 ANOS QUE O SALVADOR TEVE O ACIDENTE QUE O DEIXOU TETRAPLÉGICO. Hoje mesmo foi lançada a nova campanha de prevenção rodoviária da Associação Salvador. O vídeo realizado por Marco Martins é extraordinariamente comovente, mas também muito impressionante e até chocante. Ainda bem que todos tiveram a coragem de o fazer, porque a campanha SE BEBERES NÃO CONDUZAS tem que ter um impacto radical em todos nós. Nesta lógica, os criativos escolheram o caminho mais certo ao recriarem a vida que o Salvador poderia estar a viver se não tivesse sofrido um acidente que o deixou tetraplégico, em cadeira de rodas e dependente dos outros para quase tudo. Tinha 16 anos, tinha saído à noite e tinha bebido uns copos. Só isto. Nunca lhe passou pela cabeça que num minuto a sua vida mudaria para sempre.

publicado por Laurinda Alves às 14:21
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Sexta-feira, 6 de Julho de 2012
Assinei petição internacional pelas mulheres do Afeganistão

Sharbat Gula é provavelmente a mulher afegã mais conhecida no planeta. Fotografada por Steve McCurry em 84, foi cover girl da revista National Geographic em 85, altura em que o Afeganistão estava em guerra com a ex-União Soviética. Durante quase duas décadas ninguém soube o nome e o paradeiro desta rapariga misteriosa, nem se estava viva ou morta, mas 17 anos depois o próprio fotógrafo decidiu procurá-la e conseguiu encontra-la. Com outra cara, mas os mesmos olhos. Uma cara cansada e sofrida, como tem a esmagadora maioria das mulheres afegãs (e não só) que são sujeitas a existências de 'inexistentes', violentadas e impedidas de viver com dignidade, punidas pelo facto de terem nascido mulheres. No Afeganistão uma mulher violada é uma mulher morta em vida, riscada da comunidade. Se os violadores não se retratarem, se não houver pedidos de desculpas, não há mais vida. Como sabemos, os abusadores abusam sem escrúpulos e sem o mais vago sentimento de culpa e, nesta lógica, esperar por pedidos de desculpas faz tanto sentido como esperar que a noite não caia ou o dia não amanheça todos os dias. Assinei esta petição internacional por Lal Bibi, uma rapariga de 18 anos violada e torturada que jamais conheceremos, mas que se recusou a morrer em vida. Ao assinarmos estamos a contribuir com a nossa parte (uma ínfima mas poderosa parte!) para resgatar alguma dignidade das mulheres afegãs que sofrem violações e exclusão. Se puderem, não deixem de assinar! 

http://www.avaaz.org/en/justice_for_lal_bibi_c/?bicVhdb&v=15774

publicado por Laurinda Alves às 11:29
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 18 de Junho de 2012
Podemos salvar vidas!

 

 

Amanhã, 19 de Junho, quem quiser inscrever-se como dador de medula, pode fazê-lo no Salão Nobre do Fórum Picoas, entre as 10h00 e as 15h00, junto da equipa do CEDACE.

 

Inscrever-se como dador de medula não custa nada. Consiste em preencher um formulário, e recolher uma amostra de sangue. Não é no momento do registo que se recolhe a medula. O sangue é analisado e arquivado, e fica disponível numa base de dados que é consultada por todos os que precisam, quando andam à procura de dadores compatíveis. Só havendo uma pessoa compatível necessitada de uma doação é que somos contactados para doar mesmo a medula.

 

Há alguns factores de exclusão, mas a equipa do CEDACE faz essa selecção no momento da recolha da amostra de sangue.

Ainda assim, ficam a saber que pode participar quem:
 - Tem entre 18 e 45 anos.

 - Seja saudável.

 - Tem pelo menos 50Kg.

 - Não tenha recebido uma transfusão de sangue desde 1980.

 

Retirei toda esta informação do blog da Jonasnuts, porque não resisto a juntar a minha voz à sua e à de tantos outros que sabem que podemos mesmo salvar vidas! 

publicado por Laurinda Alves às 10:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 29 de Maio de 2012
TEDx Aveiro: grande pinta de equipa e ... todos voluntários!

Não posso nem quero deixar de dizer publicamente o que já disse em privado a esta equipa de voluntários que organizou o TEDx Aveiro: foram espectaculares e o sucesso deste TEDx deve-se a todos e a cada um dos elementos deste dream team. Muitos parabéns! Durante meses a fio deram o melhor de si e do seu tempo à organização de um evento concebido para revelar e multiplicar os talentos dos outros. Conseguiram fazer deste dia, um dia memorável. Obrigada pela parte que me tocou, quer como oradora quer como espectadora das talks dos outros. Encheram-me de coragem e confiança e graças à vossa generosidade, abertura e sensibilidade o TEDx Aveiro foi, para mim, uma prova superada. Valeu a pena a experiência e valeu a pena seguir os vossos conselhos, preparar e ensaiar, mesmo quando não era nada disso que apetecia ou pior, não me sobrava o tempo nem a energia para tanto. Foi uma lição, acreditem. Impressiona-me sempre o testemunho de gratuidade dos que fazem voluntariado, seja em causas cívicas, humanitárias ou nas áreas de empreendedorismo social e comercial. O vosso exemplo e a vossa alegria são uma marca indelével e uma memória que fica a fazer eco para sempre. Grande pinta!

 

publicado por Laurinda Alves às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 17 de Maio de 2012
Capitães da Areia, o filme da neta de Jorge Amado


Grande livro e grande filme. Capitães da Areia, escrito por Jorge Amado há décadas, e filmado mais uma vez, agora pela sua neta Cecília Amado, que escolheu e dirigiu um grupo de miúdos baianos que não eram actores e tiveram neste filme uma oportunidade de vida. Este trailler foi partilhado no meu facebook pelo Pedro Jaime, que não conheço, mas a quem agradeço o complemento. O filme é muito comovente, mas este pequeno-grande documentário é um poema. 
publicado por Laurinda Alves às 00:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. VALE DE JUDEUS, 10 ANOS D...

. Cuidados Paliativos: a Lí...

. Vamos esgotar o Teatro Ca...

. O silêncio também mata e ...

. SE BEBERES NÃO CONDUZAS !

. Assinei petição internaci...

. Podemos salvar vidas!

. TEDx Aveiro: grande pinta...

. Capitães da Areia, o film...

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds