Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011
Em Cantanhede, com o pe Alberto Brito

 

Esta noite vou estar com o pe Alberto Brito em Cantanhede, num serão de conversa promovido pelo pe Luís Francisco Martins, no âmbito do projecto "Pontes de Desassossego", que é um ciclo de debates mensais em que se pretende um diáologo aberto sobre fé e cultura. O tema deste mês de Dezembro é "Afectividade e Efectividade" e é nesta linha que vai seguir a nossa conversa logo no centro Paroquial, a partir das 21:30. Apetece-me imenso este serão e embora esteja numa fase particularmente cansada, dadas as idas e vindas sucessivas, sei que vai ser um tempo muito bem passado. Falo por mim, claro, que adoro a companhia do pe Alberto, a sua humanidade, a sua clareza de espírito e as suas ideias inspiradoras. 

publicado por Laurinda Alves às 13:59
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 19 de Julho de 2011
Alberto Brito toma hoje posse como Provincial dos Jesuítas

 

Basta olhar para o sorriso deste homem para perceber a sua alma. Aos 65 anos, a sua vida volta a dar uma grande volta, passe a redundância. Alberto Brito, padre jesuíta, co-autor do livro Ouvir, Falar, Amar, e um dos entrevistados do meu último programa (para enunciar apenas as referências mais recentes e exclusivamente ligadas ao que tenho publicado neste blog, notem), toma hoje posse como Provincial da Companhia de Jesus. Ou seja, o Superior máximo dos jesuítas em Portugal. Muitos parabéns, querido pe Alberto! Não estou em Lisboa, mas vou voltar a horas de estar nesta cerimónia que não quero nem posso perder. Não imagina a alegria que é tê-lo de volta em Portugal depois de tantos anos de viagens pelo mundo fora... Fazia-nos muita falta! 

publicado por Laurinda Alves às 00:19
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quarta-feira, 13 de Abril de 2011
No Porto, com Sobrinho Simões

 

Manuel Sobrinho Simões, o cientista que não

fala só de ciência, vai apresentar esta tarde o

nosso livro no Porto. Um privilégio enorme, é

o que é. Já estou a caminho, radiante com o

facto de podermos estar juntos com mais um

círculo alargado de amigos e pessoas queridas.

 

 

Tal como disse em posts anteriores, vamos estar

às 6:30 na Livraria Leitura, no CC Cidade do Porto

e todos os que puderem e quiserem aparecer são

muito bem vindos. A boa notícia é que este nosso

livro já está nos Tops de vendas e já vai para a 2ª

edição. Grande pinta. Obrigada a quem contribuiu! 

 

publicado por Laurinda Alves às 08:35
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Segunda-feira, 11 de Abril de 2011
Grande notícia e grande desafio!

 

Alberto Brito, que acaba de lançar comigo o livro Ouvir, Falar, Amar, vai ser o novo responsável da Companhia de Jesus (Jesuítas) em Portugal e Moçambique, cargo de que toma posse na segunda quinzena de julho. A nomeação do novo Provincial foi decidida por Adolfo Nicolás, o Superior Geral da congregação religiosa católica. Todos os jesuítas estão de parabéns e o pe Alberto em particular. A notícia é desta manhã e foi-me dada pelo próprio, antes de se saber através dos Media e da Agência Ecclesia. Fiquei radiante, mas como havia um ligeiro embargo noticioso só agora é que a publico no blog. Esta nomeação é muito eloquente da qualidade intelectual, humana, filosófica e teológica do pe Alberto Brito, mas também sublinha a sua enorme experiência e revela a profundidade e o alcance de toda a sua obra. A boa notícia da nomeação está associada a outra boa notícia: Alberto Brito volta, finalmente a Portugal. Que bom. Alberto Teixeira de Brito nasceu em Arouca, no distrito de Aveiro, a 25 de agosto de 1945, entrou na Companhia de Jesus em 1961 e foi ordenado padre em 1973, tendo-se dedicado à formação dos jovens jesuítas como Mestre de Noviços. Licenciado em Filosofia pela Universidade Católica Portuguesa e em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma), viveu em Coimbra, Braga e Lisboa, antes de partir para Roma e aí iniciar um ciclo que o levou a dar várias voltas ao mundo até 'aterrar' em Bruxelas, onde vive actualmente e é Director do Foyer Catholique Européen. A província portuguesa da Companhia de Jesus, que atualmente abrange Portugal e Moçambique, foi a primeira a ser criada a nível mundial, em 1546, seis anos depois da fundação da congregação, por Santo Inácio de Loiola. O cargo de provincial é ocupado desde julho de 2005 pelo padre Nuno da Silva Gonçalves, outro homem superiormente culto e dotado.

publicado por Laurinda Alves às 16:46
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011
Ouvir, Falar, Amar

 

O livro de conversas com o pe Alberto Brito, especialista em comunicação interpessoal e relações humanas, já está impresso e pronto para começar a ser distribuído. Adoro a capa do livro, feita pela designer gráfica Margarida Rolo, e a maneira elegante e sóbria como tudo encaixa nesta edição de uma longa entrevista sobre uma matéria que nos toca e interpela a todos. Não sei quando é que haverá livros à venda nas livrarias, mas espero que seja em breve. Mal saiba, digo. O título tem a mesma métrica do título do filme recente com a Julia Roberts, mas na verdade "Ouvir, Falar, Amar" é a substância da comunicação e não há volta a dar. O amor, neste caso, tem a ver com a aceitação própria e dos outros, e com a maneira como amamos, claro. Seja o amor romântico, filial, dos amigos ou qualquer outra forma de amor. 

publicado por Laurinda Alves às 15:29
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
Alguns mistérios sobre o amor

 

Estou, como disse na semana passada, na fase final de revisão do conteúdo do livro sobre Relações Humanas e Comunicação Inter-Pessoal. Dou comigo a ler e reler parágrafos de uma simplicidade e uma eloquência incríveis. Alberto de Brito tem o dom de clarificar, de trazer mais luz à vida das pessoas. Aqui fica um fragmento de um diálogo nosso sobre a importância de falarmos sobre as coisas fáceis e difíceis. Evitar certos temas não é boa estratégia.

 

- Os desentendimentos fazem parte da vida e das relações. Em casal, em família, no trabalho ou no grupo de amigos há sempre desencontros, desentendimentos. Se as pessoas se desentendem, mas depois conseguem reencontrar-se, ficam mais perto umas das outras do que antes de se terem desentendido. E quem havia de dizer que o amor cresce assim? E que o entendimento se reforça desta maneira? E que a qualidade do relacionamento aumenta assim, também? Digo e repito: ninguém evolui em linha recta, seja no percurso pessoal ou nas suas relações.

 

- É muito iluminante olhar para a vida assim, porque muitas pessoas acham que os desentendimentos equivalem a descer alguns degraus e a perder qualidade na relação...

 

- Não é verdade. Se aprendem a superar os desentendimentos, sobem uns degraus e ganham em qualidade, não tenha dúvidas. A qualidade de uma relação mede-se pela capacidade de superação dos conflitos. Esse é o maior e o melhor critério".

 

publicado por Laurinda Alves às 21:30
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011
Conversas com Alberto de Brito em livro

 

Esta fotografia foi tirada pela Isabel Pinto, uma das melhores fotógrafas portuguesas e uma grande amiga que me ficou desde os tempos em que trabalhámos juntas quando eu era directora da Pais & Filhos e, depois, da XIS. Esta é apenas uma de uma longa sequência de onde sairá a capa do livro de conversas que gravei com o pe Alberto de Brito sobre matérias sensíveis para todos nós: os desafios da comunicação inter-pessoal e as questões que estão por detrás dos equívocos e permanentes faltas de sintonia que existem entre quem fala e quem ouve. Esta semana fica marcada por ser a recta final para entregarmos na gráfica todo o material escrito e fotografado. Se tudo correr conforme está previsto o livro sai em Março, se possível logo na primeira quinzena. Fazer este livro com Alberto de Brito era um sonho antigo e, por isso, não posso estar mais entusiasmada nesta fase. Este ano começou com grandes desafios: o livro, a série de programas de TV sobre os Portugueses Sem Fronteiras que há-de ser emitida em breve na RTP 1 e , ainda, um projecto com a Fundação Calouste Gulbenkian na área social, que se enquadra no Programa Entre Gerações e envolve 7 instituições em Portugal e 10 no Reino Unido que trabalham e juntam pessoas de todas as idades. Embora para mim todos estes projectos estejam contidos no tempo, não posso estar mais contente. Vou trabalhar com o Entre Gerações apenas em Portugal, mas a certeza de ficar a conhecer pessoas e lugares onde a humanidade é a marca d'água, por assim dizer, é uma oportunidade fabulosa. Gracias a la vida, como dizia o poeta!

publicado por Laurinda Alves às 10:02
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. Em Cantanhede, com o pe A...

. Alberto Brito toma hoje p...

. No Porto, com Sobrinho Si...

. Grande notícia e grande d...

. Ouvir, Falar, Amar

. Alguns mistérios sobre o ...

. Conversas com Alberto de ...

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds