Sexta-feira, 4 de Novembro de 2011
Joana Carneiro: a música clássica explicada

 

No próximo dia 10 a maestrina Joana Carneiro vai dirigir um concerto explicado no auditório do Colégio São João de Brito, em Lisboa. Tenho pena de não estar cá, mas se estivesse não perdia esta oportunidade de a ouvir falar, de a ver conduzir uma orquestra e de perceber melhor a música clássica através de uma mulher que admiro profundamente. Deixo aqui os contactos para quem quiser e puder assistir a este serão que vai ser marcante. Bilhetes e reservas: 96 954 23 46 info@cupav.pt. Para saber mais cliquem aqui.

publicado por Laurinda Alves às 00:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 29 de Outubro de 2011
O nosso fim-de-semana de encontro anual da família

 

Todos os anos por esta altura a minha família reune-se para passarmos um fim-de-semana juntos. Somos muitos e é sempre uma festa. Este ano foi tudo organizado pelos juniores e entre as surpesas habituais, há uma muito especial. Que bom que é este tempo terno e eterno vivido com a família alargada! Volto em breve. Bom fim-de-semana! 

publicado por Laurinda Alves às 09:28
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 11 de Outubro de 2011
Filme com alguns dos melhores abraços do mundo...
Aviso: este filme faz chorar, mas vale a pena ver a chegada a casa de alguns soldados americanos depois de longos meses vividos longe dos seus. 
publicado por Laurinda Alves às 17:02
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 4 de Outubro de 2011
Casa cheia, cheia!

(As fotografias deste post são todas do fotógrafo Pedro Miguel Barreiros, cujo site é www.pmbarreiros.com)

 

 

 

Vou a caminho de Leiria, para gravar mais uma entrevista, mas não posso deixar de escrever umas linhas para falar do encontro de ontem à noite. Casa cheia, cheia, impressionante! Entre crentes, descrentes, cépticos e duvidosos éramos mais de mil pessoas (esta igreja tem um segundo andar, digamos assim, onde cabem tantas pessoas como as que cabem no andar de baixo, mais as laterais). Nunca tinha estado na Igreja de São Jorge de Arroios e confesso que não estava à espera desta adesão em massa para um serão de conversa sobre Deus. O serão foi muito profundo, mas também muito divertido e leve, com aquela leveza que vem da alegria de quem se reconhece no essencial, seja pela via espiritual, ética, humanista ou estritamente racional. Muito bom. Obrigada ao padre Paulo, pelo desafio/convite a participar, e obrigada a todos os que comentaram aqui ou lá, e estiveram presentes por pertencerem a este nosso círculo alargado de amigos. Mesmo muito bom, insisto.

 

publicado por Laurinda Alves às 09:05
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
Domingo, 18 de Setembro de 2011
A despedida de Tolentino Mendonça, de partida para NY

 

Nunca na vida levei o telemóvel ligado para dentro de uma igreja, mas hoje liguei-o no fim da missa de despedida do pe Tolentino Mendonça, que está em vésperas de partir para NY, por ser um momento muito especial para todos nós os que o acompanhamos. Tolentino vai passar um ano inteiro em NY a aprofundar os seus estudos bíblicos, mas também a escrever o libretto de uma ópera, a convite da maestrina Joana Carneiro. Sei muito pouco sobre isto, mas o que sei e que a Mafalda Folque sublinhou num texto que escreveu e pediu para outro ler (não fosse ficar com a voz demasiado embargada) é que o pe Tolentino vai fazer muita falta porque tem uma maneira única de nos ensinar a "não ter medo de entrar sempre mais fundo no nosso coração, para dar sentido às nossas acções e sentimentos". Há tanta coisa que apetece escrever e dizer sobre o pe Tolentino que um blog inteiro não chegaria para conter as palavras e, por isso, talvez o mais sensato seja resumir tudo desta maneira: obrigada, querido pe Tolentino. Faça boa viagem e aproveite aquela cidade. Cá o esperamos!  

 

 

Atrás de Tolentino Mendonça está uma pintura de Lurdes Castro, uma de quatro artistas que responderam ao desafio deste padre e criaram obras de arte para o espaço do altar da Capela do Rato.

publicado por Laurinda Alves às 15:07
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Quarta-feira, 31 de Agosto de 2011
Mais um vídeo inspirador e que transforma o nosso olhar

 

A história passou-se na Dinamarca e não na Noruega, claro! Obrigada pela atenção, pois eu confesso que apanhei o vídeo a meio nas notícias da manhã, na SIC Notícias, e depois Já muito tarde e ainda no escritório, depois de um serão de trabalho alguém ao meu lado, e a meu pedido, googlou a história como tendo acontecido na Noruega e acabámos por nos induzir mutuamente em erro, uma vez que publiquei o post mesmo antes de me desligar, sem ler o pequeno resumo que o acompanha e dando por adquirido que era realmente na Noruega. Apetecia imenso que fosse, por acaso. Mesmo tendo já um par de meses e sendo anterior ao massacre provocado por Breivik... De qualquer forma é uma história feliz, com um fim tão surpreendente como comovente. Não conto mais, para não estragar o suspense da coisa. 

 

P.S.: Emotional Inteligence, o célebre livro de Daniel Goleman que marcou um antes e um depois na consciência universal sobre o valor da Inteligência Emocional e sublinhou o facto de ela comportar um largo espectro de competências e talentos, começa justamente com o exemplo de um condutor de autocarro que é particularmente simpático e alegre com os passageiros e cuja atitude muda completamente o humor de muitas das pessoas que começam o dia por apanhar o autocarro que ele conduz. Muito bom. 

publicado por Laurinda Alves às 00:02
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sábado, 27 de Agosto de 2011
Back in town

 

Voltei de férias mas cheguei primeiro ao blog da Mariana Sabido do que ao meu. Coisas da vida... Por sorte encontrei a Mariana com a sua Índia antes de voltarem para Lagos e a Mariana pediu-me para tirar uma fotografia com a Laura ao colo para pôr no seu blog. A Laurinha está linda e já tem um ano. O tempo voa! Sou fã do blog da Mariana e vejo todos os dias as suas fotografias. Não resisto a importar para aqui mais algumas e ela sabe bem porquê. Ela e não só! Quanto ao grupo alargado de pessoas e amigos que se cruzam aqui no meu blog, confesso que já estava com saudades. Voltei há uma semana a Lisboa, mas com deadlines imperiosos e muitos textos para entregar logo na primeira semana de trabalho e, daí, o meu silêncio prolongado. Agora já não desapareço mais. Aqui ficam as outras fotografias de amigos muito, muito queridos fotografados esta semana pela Mariana. Adoro as suas imagens de famílias.

 

publicado por Laurinda Alves às 00:38
link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
Quarta-feira, 13 de Julho de 2011
Aulas práticas

Duas fotografias de parte da turma dos meus alunos nos cursos de Comunicação que dei na LeYa este ano. Tivemos ontem o nosso jantar de 'finalistas' e foi mais um momento alto do grupo. O serão foi animado pela surpresa da Marta Roquette, que ainda estava em falta no momento em que tirei as primeiras e últimas fotografias porque anoiteceu e ficámos sem luz (nestas já mal conseguimos ver a Ana e o João Nuno), e chegou mais tarde com um vídeo espectacular que esteve a editar até ao último minuto. Um vídeo com o best-of das imagens e gravações que fizemos ao longo dos dois cursos. Uma surpresa delirante que nos fez rir às gargalhadas, mas também ficar comovidos e conscientes dos progressos de todos e da evolução de cada um. Ninguém conhecia nem suspeitava desta combinação de dotes cinematográficos da Marta como argumentista, produtora e realizadora, e acabámos por ver o filme vezes repetidas por estar cheio de detalhes cómicos e legendas incisivas. A banda sonora desta curta-metragem de 12' também ficou genial. Muito bom.

 

 

A Filipa foi aluna do primeiro curso, mas a Gabriela frequentou os dois e foi giro rever actuais e 'antigos' alunos. O mais extraordinário neste grupo, que começou por ter 24 pessoas e depois passou para 9 (12 é o máximo nos módulos práticos, para podermos treinar, gravar e avaliar em todas as aulas), é perceber como todos construíram laços fortíssimos entre si. Grande pinta.

 

 

 

Ontem a Marta foi das que não ficou nas fotografias e, por isso e porque me apetece imenso agradecer-lhe o vídeo prodigioso que nos ofereceu, deixo aqui uma fotografia dela, mais invernosa, tirada na última aula do primeiro grupo, o dia em que a própria Marta também chegou atrasada por ter estado a imprimir em letras garrafais o nome do curso. Aqui fica também a memória desse dia e a minha homenagem e gratidão a todo o grupo.

 

publicado por Laurinda Alves às 12:12
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Terça-feira, 21 de Junho de 2011
Encontro de amigos no Chiado

 

A surpresa do dia? Encontrar e juntar no Largo do Carmo quatro amigos improváveis. Não pela amizade em si, mas pela circunstância de uns morarem na Coreia do Sul e outros terem acabado de dar uma volta ao mundo. A Maria Bravo e o Kiko Martins (no extremos da fotografia) são casados, criaram o projecto Eat the World e atravessaram o mundo pelas cozinhas de casa de pessoas e famílias que não conheciam mas ficaram a conhecer. Esta extraordinária volta pelo mundo foi sendo reportada semanalmente através de crónicas publicadas no Expresso e agora transformou-se num livro fabuloso que vai ser lançado na próxima semana. Vou fazer o lançamento na 4ª feira, dia 29, e desde já deixo o convite para quem quiser e puder assistir. É nos Meninos do Rio às 18:30 e a entrada é livre. O Kiko e a Maria disseram-me que podia estender os convites às pessoas do meu blog e é isso que estou a fazer. Sintam-se convidados! Vai valer a pena ouvir a Maria e o Kiko falarem desta aventura. No centro da fotografia estão a Maria e o Álvaro, que é padre missionário e vive há 14 anos na Coreia. Conheceram-se lá e ficaram amigos. Hoje, por pura coincidência encontraram-se uns com os outros e eu com todos. Muito, muito bom.

 

publicado por Laurinda Alves às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 12 de Maio de 2011
Concertos na Gulbenkian ao fim do dia

 

Fui com o meu filho ouvir as Vésperas de Rachmaninov, cantadas pelo Coro Gulbenkian, e foi um poema. Um coro de cem vozes femininas e masculinas a cantar à capela, sem nenhum instrumento, é sempre fabuloso mas este transcendeu-se. Muito bom.

publicado por Laurinda Alves às 21:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. Deslumbramento e superaçã...

. Momentos únicos e pessoas...

. Momentos únicos

. Dupla celebração no Cais ...

. Mudanças e outras andança...

. Ainda o vídeo e o prémio ...

. Voltar à ilha

. Fado: Património Imateria...

. A celebração na Lx Factor...

. Porto ida e volta, a hora...

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds