Quinta-feira, 23 de Maio de 2013
MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER OS SEUS FILHOS CRESCER

 

EM NOME DAS MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER OS SEUS FILHOS CRESCER. E das mulheres que nunca chegam a ser mães e muito menos avós, publico estas linhas para corresponder ao pedido de uma amiga que me escreveu depois de perder uma das suas melhores amigas, com 26 anos, com cancro no colo do útero. Deixo aqui o seu apelo:

"queria pedir-lhe ajuda na divulgação da prevenção do cancro do colo do útero. Ao contrário da grande maioria dos cancros, este não surge devido a questões hereditárias ou a predisposições genéticas. Surge unicamente devido à infecção por HPV, que pode ser prevenida (através da vacina) ou tratada sem grandes consequências, se detectada precocemente. Tal como a minha amiga B, imagino que existam muitas jovens e mulheres que não visitem o ginecologista anualmente nem saibam as consequências que isso pode ter na sua vida. No entanto, essa é a única forma de detectar a presença de infecção por HPV. A transformação de células infectadas por HPV em células neoplásicas demora cerca de 8 a 10 anos, mas não dá qualquer sintoma. Quando existem sintomas, infelizmente, já é tarde de mais...

Gostava que o exemplo da B, que partiu quando tinha a vida toda pela frente, fosse um alerta para outras mulheres, para que a sua luta não tenha sido em vão e, acima de tudo, para que esta história não se repita, pois este é o segundo cancro com maior taxa de mortalidade em mulheres jovens. Mortalidade esta que pode ser evitada quando o diagnóstico é feito precocemente".

Agradeço à Filipa a partilha e o alerta. E também agradeço à Mariana Sabido (www.mae360.com) deixar-me usar mais uma das suas fotografias-maravilha para ilustrar um post que parece que não tem nada a ver com a ficção deste mundo de imaginação e fantasia em que vivem as crianças, mas tem tudo a ver pois muitas mulheres ficam privadas de assistir a estes filmes dos filhos e sobrinhos por partirem cedo demais.

publicado por Laurinda Alves às 22:37
link do post | comentar | favorito (1)
4 comentários:
De Arlindo Andrade a 30 de Maio de 2013 às 00:51

Obrigado pela partilha, Laurinda.

Boa noite!
De Anónimo a 5 de Junho de 2013 às 13:38
Sou avó, tenho 58 anos e perdi a minha filha há 1 mês e meio.
Além da dor sufocante, preciso de forças para ajudar as minhas netas de 9 e 7 anos e uma bebé de 5 meses a crescer e a serem o mais felizes possivel.
A minha filha tinha 36 anos e já no fim da gravidez foi-lhe detectado um carcinoma no colon, a bebé nasceu de oito meses mas contactos com a mãe foram escassos.
Depois de ter lido crianças que crescem sem mãe apeteceu-me escrever,porque é esta a situação que estou a viver, alem de gostar de ler e ouvir Laurinda Alves.
De Laurinda Alves a 26 de Junho de 2013 às 07:35
Querida Avó e Mãe, muito obrigada por partilhar comigo, aqui, esta fase tão dolorosa e exigente da sua vida. Nem sei o que será passar por tudo o que está a passar, mas tenho a secreta certeza de que a sua filha ficaria muito descansada por lhe confiar a si, como avó-e-mãe, as suas 3 filhas. A vida está cheia de mistérios que nunca haveremos de compreender, mas talvez o mais importante seja podermos participar nestes mesmos mistérios sem nos questionarmos muito sobre os 'porquês'. Acho que são os 'para quê?' que nos podem levar mais longe...
Um abraço muito, muito forte para lhe dar forças!
De sn a 26 de Agosto de 2013 às 12:32
Ola laurinda. Tenho 37 anos e fui vacinada com uma das vacinas disponiveis contra hpv aos 35. Na altura uma colega informou me que a vacina estava disponivel comparticipada pelo sns, facto que descconhecia pois só havia ouvido as campanhas para jovens. Estava particularmente sensivel pois aos 33 anos apanhei um susto num exame de rotina, que fiz porque queria engravidar, mas o teste para despistar hpv deu negativo. Eu estava receptiva à informação da minha colega mas as minhas amigas não valorizaram a info que dei e nenhuma tomou a vacina. Por isso, todas os alertas, como o seu, são tão importantes.

Comentar post

.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds