Quinta-feira, 19 de Julho de 2012
Momentos únicos

Muito especial o entardecer no cais dos cruzeiros, hoje. Uma missa para centenas e centenas de pessoas celebrada por padres jesuítas mais o pe Delmar, capelão da Marinha que já fez várias viagens à volta do mundo em barcos e navios de guerra portugueses. Todos falaram de coisas simples e partiram do contexto em que estávamos para falar das viagens interiores que fazemos e dos caminhos que percorremos.  

 

Dar de graça aquilo que recebemos de graça era o tema da homilia, e sobre a gratuidade falou Miguel Siqueira de Almeida com graça (passe a redundância) e inspiração. O sentido de humor acrescenta sempre alguma coisa ao que dizemos, porque tão importante como as palavras que usamos é a maneira como falamos. Nesta lógica, o pe Miguel sublinha verdades antigas com uma novidade discursiva que vem sempre muito ancorada no humor. É bom ouvi-lo falar com alegria e leveza de coisas profundas porque o impacto é enorme. Nuno Tovar de Lemos propôs o exercício de olharmos para nós e tentarmos perceber qual a viagem que estamos ou queremos fazer. Double sense, quero dizer.   

O coro foi uma beleza e as vozes com o vento da tarde soaram ainda melhor. Muito bom.

 

publicado por Laurinda Alves às 23:50
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De an a 20 de Julho de 2012 às 01:10
Que lindo! E que luz, realmente.
O texto, também tem "luz"...
Obrigada pela transmissão fiel dessas lições que aqui deixa, neste caso, com a homilia.
Sempre, nos põe a relectir ...


De numadeletra a 20 de Julho de 2012 às 09:10
Adorava ter estado presente!

Mas foi óptimo ler este tão interessante relato.
De mafalda a 20 de Julho de 2012 às 09:10
Obrigada pela partilha.
abraço
mafalda
De dg a 20 de Julho de 2012 às 10:34
muito bom. "aprendermos a ser marinheiros também em terra". findam-se estes momentos sempre com uma paz que atordoa e serena e ontem o cenário e a hora escolhida foram extraordinários para isso. um abraço, dg
De Ana Paula a 20 de Julho de 2012 às 12:11

Querida Laurinda

Foi de facto um momento muito bom, melhor maravilhoso. Tudo se conjugou, o lugar, a luz, a brisa, as palavras dos sacerdotes, o coro e a multidão de gente.

Boas Férias

Estavas radiosa.

bj
De Vera Dias António a 20 de Julho de 2012 às 18:25
O Padre que me prendia às homilias como quando leio um livro sem conseguir parar partiu cedo de mais... apesar de tudo o que a Missa representa é na homilia que alimentamos a alma, pela mensagem, pela novidade, pela actualidade à luz do passado... creio que não há muitos padres que consigam dar às pessoas o que precisam realmente...
Obrigada!
De Ana Pereira a 22 de Julho de 2012 às 00:59
Quero ver se vou lá amanhã e espero ainda aproveitar!

Deve ser muito giro
De viguilherme a 22 de Julho de 2012 às 03:48
Após um periodo de ausencia por mais uma vez esta máquina "embirrar "e bloquear ....deixei-a a meditar por uns tempos e levei-a ao tecnico que lá a repôs em estado a manter-se de bem comigo ....mesmo sendo eu o mais basico dos basicos em mexer nestas "maquinas "....
Apreciei sua viagem de emoções ,partilha ,divulgação e reflexão sobre o que vai descobrindo no caminho e registando .....desde a Pérola de sua Mãe na beleza dos zanos que atravessa ....passando pekos olhos de pasmo e de água de transparencia e mistério ....como se vive na irrequietude sonora renascida .....entre cidades virtuais em papeis reciclados de mudanças constantes ....para se espraiar em azuis de mar e céu onde a comunicação decorre em yempo nun tempo própio para se comunicar e desagua numa Benção á Vida e um dar Graças por se poder viver em Partilha e Fé ....com inagens de comunidades em viagens por mundos dentro e fora de Nós .....as ferias se apróximam e que elas a transportem por mundos que desejasse encontrar nesse tempo sem tempo ......BOAS fÉRIAS
De Associação Mãos Unidas P. Damião a 17 de Setembro de 2012 às 17:12

Pedimos desculpa, não encontrámos outro contacto na internet.

Exma. Senhora Dra. Laurinda Alves,

Somos a ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE SOLIDARIEDADE MÃOS UNIDAS P. DAMIÃO, também designada por MÃOS UNIDAS P. DAMIÃO – PORTUGAL, uma Instituição Particular de Solidariedade Social de Utilidade Pública (IPSS) e como ONGD, que está em Portugal com finalidades deveras e objectos nobres, concretamente no combate à:

· Combate à Fome e à Pobreza em Portugal e no Mundo;


A Associação Mãos Unidas P. Damião orgulha-se pelo percurso de 15 anos de trabalho de solidariedade universal e encara a sociedade de hoje com optimismo, apesar da crise económica, social e de valores.


A Associação Mãos Unidas P. Damião – Portugal vai levar a cabo, no próximo dia 21 de Outubro de 2012 (Domingo), pelas 15.30h em várias cidades e vilas do País, uma MARCHA NACIONAL CONTRA A FOME E A POBREZA, que pretende sensibilizar a opinião pública portuguesa para o drama da fome e da pobreza, quer em Portugal, quer no Mundo.

Tendo em conta que o dia 17 de Outubro de 2012, Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza coincide com um dia da semana de trabalho (Quarta-Feira), decidimos organizar esta Marcha no dia 21 de Outubro (Domingo), em algumas Vilas e Cidades do nosso país: Bragança, Carregal do Sal, Funchal, Leiria, Lisboa, Ponta Delgada, Viseu e Santa Comba Dão (já confirmadas).

Assim e respondendo aos apelos gritantes, vindos praticamente de todos os cantos do mundo, a Associação realizará no próximo dia 21 de Outubro a MARCHA para ajudarmos a minorar o sofrimento de todos aqueles que são atingidos pelo flagelo da FOME e POBREZA, concretamente apoiando os projectos em Portugal e no Mundo:

Ajuda aos centros alimentares contra a fome e a pobreza de Bragança, Carregal do Sal, Leiria, Madeira e Santa Comba Dão.

Aquisição de uma Habitação Social no Barreiro;

Ajuda em Portugal a várias famílias imigrantes;

Ajuda alimentar em Moçambique a 200 idosos;

Construção de um Dormitório e Refeitório em Angola para portadores de tuberculose, HIV/SIDA e paludismo;

Ajuda alimentar a 100 crianças em Timor;

Ajuda alimentar às crianças subnutridas do Congo;

Na cidade de Lisboa, a Marcha vai sair NA PRAÇA DO COMÉRCIO / TERREIRO DO PAÇO em direcção à PRAÇA DA FIGUEIRA.

Gostaríamos que fizesse parte desta acção, para nós seria uma força motivadora, para além de ser uma alegria e uma honra em estar connosco. Convidamos, neste sentido, V. Excia, enquanto cidadã e personalidade de destaque na sociedade portuguesa e no mundo, a caminhar com os portugueses nesta iniciativa solidária.

Para mais informações/ confirmação da sua presença no evento queira contactar, por favor, a sede da nossa Associação, através do telefone 21 351 57 20 ou do e-mail mãos.unidas.portugal@gmail.com

Contando com a presença de V. Excia, entretanto subscrevemo-nos com a maior estima e consideração, lembrando MADRE TERESA DE CALCUTÁ: “Quando um pobre se aproxima de ti, acolhe-o com um sorriso. Este é o maior dom que Deus te concede”.


Atenciosamente

O Director

Mário Nogueira

Comentar post

.pesquisar
 
.Feitos em Portugal

Feitos em Portugal

.tags

. todas as tags

.portugueses sem fronteiras
.posts recentes

. MUITO OBRIGADA A TODOS PE...

. CURSOS DE COMUNICAÇÃO NO ...

. Curso de Comunicação adia...

. Se tiver quorum ainda dou...

. O BENTO E A CARMO HOJE EM...

. HOJE NO PORTO: SOBREVIVER...

. MÃES QUE NÃO CHEGAM A VER...

. Esta miúda vai longe!

. Alegria!

. Ladrões e cavalheiros

.arquivos
.mais sobre mim
.subscrever feeds